Tocantins - 31/10/2020 - 09:47

Bolsonaro prorroga auxílio emergencial por mais 4 meses no valor de R$ 300

Postado em 01/09/2020

Compartilhe no:

O presidente da república, Jair Bolsonaro, anunciou nesta terça-feira, 1º, que o auxílio emergencial será de R$ 300 por mais 4 meses. O benefício, que teria sua última parcela em setembro (para beneficiários que receberam as primeiras parcelas logo no início, em abril), terá prorrogação até janeiro de 2021.

O valor do benefício foi anunciado após reunião do presidente com ministros e parlamentares, no Palácio da Alvorada. O auxílio emergencial foi criado em abril, para atender cidadãos em vulnerabilidade social e trabalhadores informais que perderam renda em razão da pandemia do novo coronavírus.

De acordo com o presidente, a prorrogação do auxílio ocorrerá, contudo, com parcelas de valor inferior, 50% do que era, respectivamente. “Agora resolvemos prorrogá-lo por medida provisória até o final do ano. O valor definido agora há pouco é um pouco superior a 50% do Bolsa Família. R$ 300 reais”, disse o presidente.

Bolsonaro defendeu a diminuição da quantia e voltou a insistir no que havia declarado anteriormente a respeito, que “o valor de R$ 600 é muito para quem paga, no caso o Brasil. Podemos dizer que não é um valor suficiente muitas vezes para todas as necessidades. Mas basicamente atende”, completou.

Entenda

A criação do auxílio emergencial, em abril deste ano, teve como objetivo amparar trabalhadores informais e desempregados afetados pela pandemia. Inicialmente, seria pago em três parcelas de R$ 600, e iria até julho. O benefício foi prorrogado por mais duas parcelas de R$ 600 e, nas últimas semanas, o governo estava discutindo um novo valor para o benefício. Os calendários de pagamento podem ser conferidos aqui.

Compartilhe no:

Relacionados