Tocantins - 24/10/2020 - 14:11

TBT – Aparecidenses sentem falta do passeio ciclístico neste 1º de maio

Postado em 01/05/2020

Compartilhe no:

Devido o Covid-19 o passeio ciclístico de Aparecida do Rio Negro foi impossibilitado de ser realizado esse ano. Aos nossos leitores, relembramos o passeio realizado o ano passado.

O dia 1º de maio de 2020 em Aparecida do Rio Negro com certeza seria cenário de alegria outra vez para a população. Devido o Covid-19 foi impossibilitado a realização do 13º Passeio Ciclístico do Município.

Não poderíamos de deixar de registrar aqui os momentos eufóricos que vivemos na cobertura do evento o ano passado. Na certeza que em 2021 o evento voltará a ser realizado com mais qualidade e que outra vez será destaque em nossas paginas da Folha do Jalapão é que estamos publicando esse TBT.

TBT 2019

Juntos e misturados, crianças, adultos e idosos participaram do passeio em comemoração ao Dia Mundial do Trabalhador. O evento foi prestigiado por muitas famílias, atletas profissionais e amadores, além de curiosos ao redor do percurso. A largada para os 44 km foi dada pontualmente às 8h30, com saída da Praça José Eurico Costa, e seguiu para a região rural de Aparecida.

O sorriso era visível no rosto de cada criança, onde muitos com esforço pedalavam para conseguir alcançar a linha de chegada. A empolgação era visível até mesmo naqueles que tiveram que recorrer ao carro de apoio quando o cansaço batia. Para que o caminho pudesse ser percorrido com segurança, a Polícia Militar e agentes de saúde fizeram  a escolta.

O prefeito da cidade, Deusimar Amorim, disse que estava muito satisfeito com a realização de mais um passeio ciclístico, ao ver os pais ao lado de seus filhos num evento esportivo com tanta interatividade, com foco na valorização da família. “Como se trata de um evento dinâmico, não houve necessidade de bloquear ruas para que os ciclistas pudessem passar. Esse é mais um evento para abrilhantar as comemorações do Dia do Trabalho e nos sentimos satisfeitos ao ver a grande participação das pessoas. Que este passeio possa ser mais um realizado com segurança e com a dedicação de cada participante”, comentou o prefeito durante a largada.

Parceiros


A Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Educação e Cultura foram parceiras do 12º Passeio Ciclístico, oferecendo todo o suporte necessário, além do café da manhã e almoço. O prefeito Deusimar Amorim e a primeira dama Ana Claudia, estiveram presentes recepcionando os ciclistas. O evento ainda contou com o apoio do ex-prefeito Suzano Lino, vice-prefeito Sérgio Castro e dos vereadores Assis Coutinho e José Maria.

Força de vontade e determinação

Quem não se intimidou com o percurso foi o senhor Antônio Borges, de 73 anos, que disse que sempre participa do passeio. “Isso tudo faz parte da saúde, provando que a bicicleta é um instrumento de inclusão. Aqui em Aparecida as pessoas costumam usar a bicicleta como meio de transporte. A melhor parte sempre é a chegada. Mesmo cansadas as pessoas comemoram com alegria”, disse seu Antônio.


Quem foi destaque no passeio e chamou a atenção dos participantes foi a pequena Maria Laura, de pouco mais de um ano, vestida a caráter, ao lado da madrinha e dos avós, desfilando na avenida com sua bicicleta rosa pink.
Um dos coordenadores e também guia de trajeto, o ciclista José Lino, que falou sobre o resultado que o evento leva para a cidade. “O objetivo do passeio é promover o hábito de andar de bicicleta, reunir famílias, amigos e incentivar a solidariedade. Além disso, cuidamos de todas as etapas do passeio, desde o acompanhamento da equipe de saúde até a distribuição de água, café da manhã e almoço. O lado mais positivo foi o depoimento de uma mãe, que falou que seu filho melhorou muito seu desempenho escolar, só com o objetivo de participar do passeio”.


Cerca de 300 ciclistas participaram. Ao lado da esposa Raísa Bezerra, o ciclista Rafael Alves aproveitou a oportunidade para ingressar no grupo. “É a quarta vez que eu venho. Depois que casamos, ela também me acompanha. É uma descontração legal, um puxando o outro”, conta Rafael.
Entre os ciclistas também estava Antônio Luiz, 54 anos, que é “figurinha” carimbada. “Eu não perco um. Todos os anos eu acompanho e me sinto muito bem, quero continuar por muitos anos ainda”, afirma. O ciclista conta que valeu a pena todos os esforços. “Eu entro ao meio da garotada e vou embora”, afirmou Antônio.
Trajeto


A primeira parada aconteceu na Fazenda Nova Esperança, da empresária Cilânia Tavares, a 6 km da cidade. No local foi servido um café da manhã oferecido pela Secretaria de Educação do Município.


Após percorrer 30 km e desfrutar de belas paisagem, os ciclistas chegaram na Fazenda Mata Verde, onde foram recebidos pela dona Nilta Lino de Araujo e seus filhos em um clima de muita descontração. A pouca chuva que caiu reanimou os ciclistas e abriu o apetite para desfrutar do almoço oferecido pela Prefeitura Municipal.


Ainda na Fazenda Mata Verde, aconteceu a escolha da Garota Bike e em seguida partiram para o último desafio que restava: mais 14 km para chegar em Aparecida.

Tradição


O evento, que é realizado anualmente, é organizado por José Lino, Professor Paulinho e Chicão da Oficina, em parceria com a Prefeitura Municipal de Aparecida, consolidado no calendário de festas e eventos da cidade. Uma grande confraternização marcou o final do trajeto na chegada a Praça José Eurico, com sorteio de brindes.

Compartilhe no:

Relacionados