Tocantins - 23/10/2020 - 19:08

APARECIDA: Colaborador da Prefeitura é contaminado com coronavírus

Postado em 24/08/2020

Compartilhe no:

Carlos Pereira trabalha na área de contabilidade e se isolou após sentir os primeiros sintomas da Covid-19. Após ser medicado, ele passa bem e realiza a quarentena em casa.

Aos poucos o coronavírus tem chegado a diversas famílias aparecidenses, e também a muitos locais de trabalho. Na última semana a Prefeitura Municipal de Aparecida do Rio Negro, teve seu primeiro colaborador a ser contaminado pelo novo vírus. Carlos Pereira trabalha na área de contabilidade, e até a ultima quinta-feira,19, esteve a trabalho no prédio do Governo Municipal.

“Comecei a sentir febre por duas noites seguidas. Na sexta-feira, principalmente pelo cuidado que temos por ter contato com o pessoal da Prefeitura, fui a Palmas e procurei um laboratório para realizar o exame, e com duas horas já tive o resultado positivo”, explicou.

Após ser atendido pela equipe de saúde do Município, Carlos foi medicado e realiza o isolamento em casa junto com a esposa, que é servidora da Prefeitura. “Estou fazendo todos os procedimentos, em casa, estou bem e com uma tosse seca de vez em quando”, enfatiza.

Cuidados

Após o diagnóstico, a Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Vigilância Sanitária Epidemiológica, realizou imediatamente a desinfecção do prédio da Prefeitura Municipal, procedimento que já havia sido realizado anteriormente. A secretária Sebastiana Luzia reforçou a todos os servidores da Sede para que fiquem em alerta. “Reiteramos que não é necessário alarde entre os servidores. A Secretaria de Saúde reforça para que todos que tiveram contato direto com o paciente fiquem em alerta e caso sintam alguns dos sintomas, procure imediatamente a equipe de saúde”, pontuou.

A Prefeitura destacou que a Secretaria de Saúde tem intensificado a busca ativa de casos no município, com atendimentos para sintomas na Unidade Básica de Saúde (UBS) e os profissionais continuam recomendando para a população, que o uso de máscara e distanciamento social é muito importante para conter o vírus. “Outro importante ponto é a realização de festas em residências, que tem gerado aglomerações, inclusive por servidores que tem consciência do grau de periculosidade do vírus”, conclui a secretária.

Compartilhe no:

Relacionados