Tocantins - 30/10/2020 - 16:44

Cenário político de Aparecida do Rio Negro volta a ter mudanças

Postado em 21/08/2020

Compartilhe no:

A eleição de 2020 deve ser a mais agitada em Aparecida do Rio Negro. Isso, porque, tudo indica, que pela primeira vez o município vai ter até o dia 15 de novembro, três fortes candidatos na disputa pela Prefeitura Municipal.

Aparecida do Rio Negro vive um momento incerto no cenário político. Os últimos acontecimentos apontam para uma “disputa entre três fortes candidatos”, situação que pela primeira vez acontece no Município. O que já é notado na Cidade, que o momento agora é de buscar parcerias que venham agregar mais votos. 

Em 22 de abril, o Jornal Folha do Jalapão trouxe com exclusividade, a matéria “Pré-candidatos iniciam articulações políticas em Aparecida do Rio Negro”, onde sete pré-candidatos anunciaram seus nomes, época que a então pré-candidata Carmelita Tavares, PDT, ainda não tinha sido liberada pela justiça a colocar seu nome na disputa. Após a mudança de data da eleição, a postulante anuncia sua pré-candidatura e faz com que mudanças aconteçam no cenário político. Dos setes nomes anunciados, apenas os pré-candidatos Roberto Xavier, SD, e o ex-prefeito Suzano Lino, MDB, continuam no páreo para a disputa.

Ao que tudo indica as eleições municipais deste ano, serão disputadas entre: Roberto Xavier, Suzano Lino e Carmelita Tavares. Mas vale ressaltar que até dia 15 de setembro, muitas mudanças ainda podem acontecer no município.

Conheça de perto os três pré-candidatos de Aparecida

Roberto Xavier (SD)

O empresário Roberto Xavier (SD), afirma que pretende concorrer às eleições e que desta vez não vai desistir. Ele destaca que se sente preparado, principalmente pela experiência na área administrativa. “Eu creio que a gente tem um nome, uma história, e quem me conhece sabe que sou daqui, e sempre acreditei em Aparecida do Rio Negro”, destacou.

Outro aspecto pontuado pelo pré-candidato é sua formação acadêmica. “Além de toda minha experiência, tenho minha formação em Contabilidade, e sou pós-graduado em Auditoria de Gestão Tributária, sou gestor de uma empresa, sei que estou preparado para administrar uma Prefeitura”, reforça Roberto.

Quanto ao momento de articulação, Roberto destacou que está aberto para diálogo com os grupos. “Nessa pré-candidatura já estamos visitando companheiros, grupos, e as famílias, já que a família é a base da sociedade, ouvindo a opinião do povo, que quer uma coisa nova, uma nova dimensão, e estamos aí para atender essa necessidade, sendo bem aceito”.

Roberto já teve uma experiência no pleito municipal, como candidato a prefeito desistente nas eleições de 2016, pelo PRP, e reitera que a experiência o deixou mais preparado e que desta vez vai concorrer a eleição até o final. “Volto mais maduro, com bases mais sólidas e outra visão de política”, destacou.

Suzano Lino (MDB)

O ex-prefeito Suzano Lino Marques, (MDB), é nome certo na disputa eleitoral desde ano. Depois de 12 anos longe da Prefeitura, seu nome é lançado para a disputa.  O postulante que já tem nome certo para vice-prefeito, percorre toda zona rural do município em busca de apoios.

Após construir a base no município e buscar apoio a nível estadual e federal, o pré-candidato já usa as redes sociais em confirmação da candidatura. Suzano Lino afirma que o diálogo é o melhor nome no momento.

O postulante, que é auditor fiscal da Receita Estadual, solicitou para a Secretaria de Administração do Estado, através de requerimento, no dia 2 de junho, pedido de licença para atividades políticas.

Suzano diz que, por ter sido prefeito, o nome dele é muito lembrado pela população, que incentiva a sua candidatura. “Cada coisa em seu tempo, quando começamos a conversar com o povo, veio a pandemia, tivemos que recuar um pouco, mas, agora a gente volta a campo”.

Questionado sobre as mudanças, Suzano destaca, “hoje a gente está mais preparado do que há 12 anos. Duas coisas engradecem o homem: banco de escola e fio de cabelo branco, e hoje, já tenho os dois (risos). Para mim, a minha gestão representa o período no qual mais obtive ensinamentos e que significou uma verdadeira faculdade com o diploma na mão, aonde você aprende acertando, mas também errando, afinal, quem não erra? Mas, avalio minha função como prefeito a melhor escola para aprender e aprendi muito sendo o prefeito de minha terra. Se voltar a assumir novamente a gestão dessa cidade, repetirei meus acertos e não cometerei os mesmos erros”, reforçou.

Carmelita Tavares (PDT)

A disputa eleitoral de Aparecida ficou ainda mais acirrada com a entrada da pré-candidata Carmelita Tavares (PDT). A pretensa candidata anunciou sua pré-candidatura em 23 de julho, o que causou alvoroço na população e mudando no cenário político local.

Na mesma data, em entrevista à Folha do Jalapão, a nova postulante destacou que está preparada para assumir a Administração do Município. “Eu me considero sempre preparada para tudo, e para ser pré-candidata a prefeita de Aparecida do Rio Negro, eu estou sempre preparada porque é meu sonho. Eu sempre quis fazer esse trabalho, e como pré-candidata eu estou pleiteando uma candidatura, em que eu possa estar realizando os trabalhos que eu pretendo na área da saúde, educação e infraestrutura desse município e também dando suporte para os agricultores, que são uma grande fonte de renda do nosso município, que nos ajuda a desenvolver”.

A pré-candidatura de Carmelita mexeu em todo o cenário político, mudando inclusive nomes cogitados para vice-prefeito. Além disso, com o novo nome, o Município conta com três pré-candidatos que se fortaleceram com diferentes apoios.

O crescimento de sua pré-campanha é o resultado de apoios conquistados por meio de visitas que tem reforçado novas alianças. Ao falar sobre Aparecida, Carmelita se emociona ao lembrar do quanto o Município representa em sua vida. “Aqui é tudo para mim. Sempre mantive minhas coisas aqui em Aparecida e sempre estou voltando e ajudando no processo político que eu sempre me preocupei. Mas quando você se lança na pré-candidatura, você abandona a sua vida particular, e eu tenho consciência disso. Eu realmente amo Aparecida e gostaria de vê-la crescer e progredir do jeito que eu imagino”, ressalta.

Compartilhe no:

Relacionados