Tocantins - 29/10/2020 - 23:21

Mais de 50 funcionários de frigorífico testam positivo para coronavírus em Araguaína

Postado em 20/05/2020

Compartilhe no:

A administração do Minerva Foods informou que aplicou os testes voluntariamente por causa do avanço do vírus na cidade e que pacientes estão assintomáticos. Todos estão em isolamento domiciliar.

O frigorífico Minerva Foods confirmou que 55 funcionários da unidade da empresa em Araguaína foram diagnosticados com o novo coronavírus. Segundo a administração da empresa, os testes foram aplicados pelo próprio frigorifico em função do avanço da pandemia na região. O diretor de operação do Minerva Food, Luis Ricardo Luz, informou que todos os pacientes estão sem apresentar sintomas.

Quem testou positivo foi enviado para o isolamento domiciliar e deve passar por um novo teste, como contraprova, dentro de um prazo de sete dias. A unidade conta com cerca de 700 operários, mas uma parte deles já estava afastada por fazer parte dos grupos de risco.

O Minerva disse que o caso foi informado às autoridades e é monitorado pela Secretaria Municipal de Saúde de Araguaína. A Prefeitura da cidade foi procurada, mas disse que não comenta casos de forma isolada.

Em entrevista à TV Anhanguera, Luis Ricardo Luz disse que não há possibilidade de que os produtos fabricados na unidade possam ter sido contaminados. “Falando um pouco do produto, a chance de contaminação do produto é nula. Porque a pessoa, no ponto de trabalho, ela está protegida. Com os EPIs necessário para evitar qualquer tipo de comunicação no posto de trabalho. Os pontos mais sensíveis são pontos de convivência, que é refeitório, que é área de descanso que a gente também tem todo um protocolo de ação para manter as pessoas distanciadas”, explicou.

O frigorífico disse que não vai paralisar a produção. Em períodos normais a unidade funciona abatendo até 750 cabeças de gado por dia, mas desde o início da pandemia o volume está reduzido para 500 cabeças por dia para diminuir o número de funcionários por turno e espaçar melhor a linha de produção. Segundo o diretor, esse volume poderá ser mantido.

Atualmente Araguaína é a cidade que lidera o ranking de maior número de casos no Tocantins. O município tem mais de 780 casos confirmados até esta quarta-feira (20) e está em lockdown, ou bloqueio total. Isso significa que apenas atividades essenciais estão mantidas

Compartilhe no:

Relacionados