Tocantins - 24/10/2020 - 15:09

Polícia Militar participa de lançamento do Projeto Justiça Cidadã em Novo Acordo

Postado em 07/05/2019

Compartilhe no:

O Projeto Justiça Cidadã foi lançado, no dia 6 de maio, em Novo Acordo, contemplando 442 alunos do Colégio Estadual Professora Eliacena Moura Leitão, com atividades socioeducativas que buscam combater a criminalidade e o uso de drogas. O evento faz parte de uma parceria entre a Polícia Militar do Tocantins (PM) e o Tribunal de Justiça, cujo objetivo é levar ações de cidadania às 42 comarcas do Estado.

Prefeito Elson Lino agradece e dá boas vindas aos participantes

A abertura oficial do evento aconteceu no Forum de Novo Acordo e contou com a presença do prefeito Elson Lino Aguia e o desembargador Helvécio de Brito Maia Neto. A programação começou às 9h, com uma palestra do presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Helvécio de Brito Maia Neto, sobre a evolução do Judiciário e a inteligência artificial como nova ferramenta do TJTO para tornar o trabalho da Justiça mais eficiente. De acordo com o presidente, “a evolução da sociedade é algo que não pode ser contida. A inteligência artificial veio para melhorar processos de trabalho e permitir que o ser humano se dedique ao desenvolvimento de processos intelectuais”.

Durante o projeto, policiais militares que são instrutores do Programa de Resistência às Drogas e a Violência (Proerd) ministraram palestras expondo sobre ações que valorizam a vida, contra violência e que incitam a paz.

“Parabenizo a iniciativa do poder judiciário em estar realizando este assertivo programa justiça cidadã, ao mesmo tempo em que agradeço pela oportunidade de ajudar na construção de uma sociedade mais plena, saudável e principalmente mais segura, formando nossas crianças e adolescentes para ficarem longe das drogas e da violência”, disse a coronel Alaídes Pereira Machado, coordenadora estadual do Proerd.

Nicolle Almeida de Castro Marques, aluna do 3º ano, falou da importância da conscientização dos alunos e que ações como esta também servem de resgate para aqueles que já estão envolvidos com drogas, pois eles têm a oportunidade de ver que há um caminho de volta. Já o diretor do Colégio Estadual Professora Eliacena, Eudivane Pereira Xavier, disse que as ações do Proerd e, consequentemente do projeto, são positivas para contribuir com a prevenção da criminalidade e no uso de drogas.

O presidente do Tribunal de Justiça, o desembargador Helvécio de Brito Maia Neto, ressaltou que o trabalho da PM é muito relevante em prol da família tocantinense, da sociedade, da segurança e da proteção à criança e ao adolescente. “Este é um momento muito importante para educarmos as crianças de hoje para não se envolverem com o crime”, frisou.

Ao final das atividades, os alunos participaram de uma roda de conversa com integrantes da Polícia Militar, da Polícia Civil, da Defensoria Pública e poder judiciário, na qual foram discutidas questões relacionadas à educação digital, sobre fake news e violência na internet. 

Parceria

O projeto Justiça Cidadão ocorre em parceria entre a Polícia Militar, o Tribunal de Justiça do Tocantins e demais órgãos: Ministério Público Estadual, Defensoria Pública Estadual, Secretaria de Estado da Segurança Pública, Associação dos Magistrados do Estado do Tocantins (Asmeto), Sindicato dos Servidores da Justiça do Estado do Tocantins (Sinsjusto), Sindicato dos Oficiais de Justiça do Tocantins (Sindojus) e a Associação dos Servidores do Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins (ASTJ-TO).

Compartilhe no:

Relacionados