Tocantins - 24/10/2020 - 15:06

Seder ministra minicursos sobre produção de peixe e mandioca em workshop do IFTO

Postado em 07/12/2018

Compartilhe no:

Técnicos da Secretaria de Desenvolvimento Rural (Seder) irão ministrar minicursos sobre produção de mandioca e criação de peixes em bag fish nesta sexta-feira, 07, durante o III Workshop AGROIF, evento organizado pelo Centro Acadêmico do curso de Gestão do Agronegócio do campus de Palmas do Instituto Federal do Tocantins (IFTO), em Palmas. O workshop, segundo o instituto, vai apresentar a estudantes tecnologias e ferramentas úteis à gestão agrária e possibilitar sua interação com produtores rurais, empresários, instituições de pesquisa, governo e comunidade em geral.

Os dois minicursos acontecerão no campus de Palmas. O minicurso Aspectos Agronômicos da Produção da Mandioca acontecerá às 10h30, e será ministrado pelo engenheiro agrônomo Luiz da Silva Machado Neto. Serão explanados assuntos que vão desde a importância, o histórico da cultura até os aspectos agronômicos da mandioca.

“É uma cultura rústica e que responde bem a emprego de tecnologia. Como se trata de uma cultura fácil e de certa forma resistente a pragas, o produtor não costuma investir no incremento de técnicas e acaba tendo baixa produtividade. Vou falar sobre quais tecnologias existem e que podem otimizar essa produção, sem elevar o custo de produção e como a cultura pode ter mais competitividade através de técnicas que tornem a mandioca ainda mais rentável. Hoje mercado tem, com certeza, tanto para mesa quanto para indústria”, adianta Neto. Segundo ele, apesar de a mandioca ser hoje a principal cultura da agricultura familiar em Palmas, o mercado interno ainda tem grande abertura para absorção do produto.

Às 16 horas, a engenheira de aquicultura da Seder, Maíra Zambonato Dorneles vai esclarecer quais as espécies de peixe são ideais para criança em tanque de lona, também chamado de bag fish, quais as características desse tipo de tanque e os investimentos necessários. “Esse modelo de criação pode ser utilizado tanto para subsistência quanto para produção comercial. Também em locais onde o solo não é adequado para fazer tanque escavado porque independe das características do solo”, adianta. Segundo a engenheira de aquicultura, a técnica já é bem difundida em Palmas como produção familiar, em propriedades com uma média de um a três tanques.

Os minicursos vão permitir ainda aos presentes entender como funcionam alguns dos projetos da Seder que têm estas e outras culturas envolvidas em projetos de extensão rural e assistência técnica voltados para produtores rurais da Capital. Esse trabalho é uma estratégia da Seder para fomento à geração de renda, qualificação do pequeno produtor e fomento à agropecuária local.

Programação e inscrição

Conforme a organização do evento, para participar é necessário realizar as inscrições no dia e local da entrada e os minicursos e palestras do workshop custam R$ 5 e R$ 8. A programação completa pode ser conferida na página clique aqui.

Compartilhe no:

Relacionados