Tocantins - 20/06/2021 - 00:56

Alunos da zona rural de Lagoa do TO recebem atividades remotas nas residências

Postado em 07/05/2021

Compartilhe no:

A Secretaria Municipal de Educação realiza a entrega de atividades escolares remota duas vezes por bimestre. Os alunos das regiões rurais recebem as atividades remotas que são preparadas com o devido critério pela equipe educacional.

Assim como milhares de alunos em todo o País, os estudantes da Rede Municipal de Ensino de Lagoa do Tocantins estão impedidos de participar das aulas presenciais devido à pandemia do novo coronavírus. Para amenizar a falta das aulas, a Secretaria Municipal de Educação chega aos alunos por meio de visitas, realizadas na zona rural com os cuidados necessários para evitar a contaminação.

O ano letivo teve início em fevereiro, e após a entrega da primeira etapa de atividades do bimestre, os alunos recebem nesta semana a segunda etapa, com intervalo de aproximadamente um mês entre as entregas. O secretário Municipal de Educação, João Andrade Vieira Neto, acompanha parte das entregas e ressalta que diante da situação de pandemia, as escolas necessitaram buscar alternativas para que o aluno pudesse prosseguir usufruindo do seu direito à aprendizagem da melhor forma possível em meio à respectiva situação.

“Surgiu a adesão em massa, às aulas no sistema remoto, e, assim como em muitos municípios de pequeno porte, em Lagoa do Tocantins, a ênfase do referido sistema, se dá na confecção de atividades impressas, onde os professores elaboram as atividades em casa, por questão de segurança, seguindo os instrumentos norteadores, como a Base Nacional Comum Curricular o Documento Curricular do Tocantins, repassando às unidades escolares, conforme cronograma específico, local em que, essas atividades são analisadas rigorosamente e organizadas pelas equipes gestoras”, ressalta o secretário Neto.

Assim, as atividades passam por um rigoroso processo de análise, são encaminhadas à Secretaria de Educação, e mais uma vez, são submetidas a outra análise técnica pela equipe da SEMED. Em seguida são encaminhadas à gráfica, empresa devidamente habilitada através de processo licitatório para execução do respectivo trabalho, para serem impressas e encadernadas. Só a partir daí a equipe segue para distribuição através das unidades escolares às famílias da Zona Urbana, seguindo todo o protocolo de segurança. Entre os alunos das Zona Urbana e Zona Rural, compreendendo as duas etapas, somam 681 alunos atualmente.

Na Zona Rural distribuição ocorre através de duas equipes compostas por membros das equipes gestoras das escolas e da Secretaria de Educação, velando pela garantia, em relação à saúde das famílias. As equipes passam pelas regiões Cajá, Soninho, Vaqueiros, Recantinho, Juá, Cutilada, Rio Preto, Água Branca, Solidão, Tamburi, Lajeado, Aroeira, Lavra, dentre outras minis regiões. A entrega é feita aos pais ou responsáveis por alunos, em suas residências, atendendo um público total de 143 alunos.

O secretário reforça que o momento exige da população cautela, e que o prefeito do Município, Leandro Soares, não tem medido esforços para o suporte necessário. “Em meio a um momento tão difícil que estamos passando, essa metodologia de trabalho, mesmo, aparentemente, na sua simplicidade, é muito importante e significativa, tendo em vista que estamos oferecendo aos alunos, o direito mínimo, no que se refere ao ensino e aprendizagem”, concluiu.

Compartilhe no:

Relacionados