Tocantins - 06/07/2022 - 01:46

Folha do Jalapão

APARECIDA: Empoderamento, garra, animação e determinação marcam 1º Passeio Ciclístico Feminino de Paris

Postado em 07/03/2022

O sábado, 5, foi marcado pela primeira edição do passeio ciclístico exclusivo para mulheres em Aparecida do Rio Negro. O evento organizado por um grupo de amigas, com o apoio da Prefeitura, Câmara Municipal, e outros parceiros, reuniu cerca de 150 ciclistas que percorreram mais de 35 km

O empoderamento, a determinação, a garra e a persistência presentes nas mulheres foram as marcas registradas das participantes do 1º Passeio Ciclístico Feminino de Paris, em Aparecida do Rio Negro, que ocorreu neste sábado, 5. Cerca de 150 mulheres percorreram os mais de 35 km previstos pela organização do evento, que contou com o apoio da Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Educação, Câmara de Vereadores, e outros parceiros.

A ideia do evento surgiu como forma de abrir as comemorações do Dia Internacional da Mulher, celebrado no dia 8 deste mês. A programação foi organizada pelo grupo formado pelas amigas Rafaela Santana, Rosivânia Nonato (Rose), Ana Alice Luz, Eliene Lustosa, Rita de Cássia, Adelice Ferreira e Marize Macedos.

O dia começou com chuva, mas não inibiu a animação das participantes que se reuniram ao lado da Praça José Eurico Costa bem cedo, onde muito animadas, fizeram os primeiros registros no painel para fotos montado no local. A ciclista Rita de Cássia foi uma das primeiras a chegar na concentração, e falou da alegria em poder comemorar a força da mulher em um dia com atividade física.

“Esse é o 12º passeio ciclístico em que participo aqui em Aparecida, mas o de hoje é mais especial, pois é exclusivo para nós mulheres. Isso nos incentiva mais a estar participando. Para mim ser mulher é determinação, pois sempre superamos muitos desafios. Um dos maiores obstáculos vencidos foi ser profissional, mãe, esposa e dona de casa ao mesmo tempo. Isso sim é ser mulher”, relata animada Rita.

Quem também pegou estrada bem cedo foi a empresária do município de Mateiros, Debora Rufo. Acompanhada da amiga Hellen Ruth, ela fez questão de se juntar ao grupo aparecidense e percorrer o percurso pedalando. “Eu amo ser mulher, e jamais deixaria de participar desse passeio. Vim a convite da blogueira aparecidense Alessandra Araújo, e fiz questão de também trazer vários brindes para o sorteio”, conta.

Percurso

Sempre acompanhadas pela Polícia Militar e equipe da Saúde, após a largada e percorridos os primeiros quatro quilômetros, as mulheres tiveram direito a um caprichado café da manhã, ofertado pela Prefeitura na Chácara Recanto. As energias foram recuperadas com muitas frutas, sucos, e pães, servidos pela equipe da Secretaria Municipal de Educação, coordenados pela secretária Valquires Maciel.

A primeira dama Luíza Carvalho fez questão de acompanhar as ciclistas durante todo o passeio, reafirmando o poder feminino na sociedade. “Nós mulheres temos o poder do detalhismo, do capricho, cuidado e carinho que nenhum outro ser possui, e a sociedade tem percebido e valorizado isso. Parabenizo a dedicação de cada ciclista, de cada organizadora, e reforço que estamos juntos contribuindo com este evento tão bonito”, comentou.

A blogueira Alessandra Araújo foi figura de destaque no passeio. Ele percorreu o trajeto na irreverente bicicleta de seu pai, demonstrando sempre seu humor durante o percurso. “Não podia deixar de participar deste ciclismo, tinha que trazer minha alegria para somar com essas mulheres lindas. A gente ama ser mulher, e se fosse para nascer de novo eu nasceria mulher”, disse a blogueira.

Almoço

Após o café da manhã o novo desafio para as ciclistas foram os 16 km seguintes, até a chegada à fazenda do proprietário Joel Cruvinel, onde foi servido o almoço e elas permaneceram até as 16h. O local foi preparado com uma decoração alusiva ao Dia da Mulher, em tons rosa e com muitos balões e painel para fotos.

A música ao vivo animou as participantes que aproveitaram para dançar muito, e se divertiram ao som da Banda Nova Sensação. O espaço amplo em meio à natureza, com água para banho e um cenário de beleza única foi utilizado para muitas fotos, apreciação, e o descanso merecido das ciclistas às sombras das árvores.

O almoço foi preparado por uma equipe totalmente masculina, como forma de valorizar as homenageadas, e teve o comando do empresário Felipe César, que caprichou no tempero para revigorar as energias das mulheres.

O momento também foi prestigiado pelo prefeito Suzano Marques, acompanhado dos vereadores da Câmara Municipal.

Participação

O ciclismo contou com as participantes de Aparecida, além de cidades como Lagoa do Tocantins, Mateiros e Santa Tereza, que fizeram questão de participar.

A militar Marlete Alves Glória, de Santa Tereza do Tocantins, se reuniu com algumas amigas amantes de ciclismo para participar do pedal de Paris. “Essa confraternização com os municípios vizinhos é muito boa, e vejo que tudo vale à pena quando é voltado para nós mulheres. A gente ama pedalar e hoje foi um pedal diferente, cheio de alegria, muitos risos e animação. A gente ama ser mulher, e eu nasceria mil vezes mulher se pudesse”, reforça Marlete.

Maria Valdeina Barbosa, de 66 anos, superou o desafio e ao chegar para o almoço comemorando a chegada, mesmo tendo errado o trajeto. ‘Eu tive que sair antes da turma, porque minha bicicleta não tem marchas. Acabei pegando estrada errada, andei dois quilômetros a mais e depois voltei. Esse é o segundo ciclismo que participo, mas tudo está valendo à pena. Como mulher me sinto digna, apesar dos obstáculos que já tive que enfrentar. A única coisa que me falta como mulher é um amor, o resto a gente já tem”, disse ela, sorrindo.

O evento também contou com participantes ilustres do município de Aparecida, como a amante do esporte, Carmelita Tavares, a empresária Cilânia Tavares, a coordenadora do Cras, Priscila Araújo, a vereadora Yara Rocha, dentre outras.

Acidentes

A equipe da Saúde não realizou atendimentos graves, já que o evento foi tranquilo em relação à segurança e organização das ciclistas. Já a equipe de apoio teve trabalho ao dar suporte às ciclistas que passaram por acidentes técnicos e tiveram que terminar o percurso de carro. Logo na subida da primeira serra ao sair da cidade, algumas bicicletas já apresentaram os primeiros defeitos.

Quem passou por um “perrengue” foi a blogueira Alessandra, que teve a roda traseira de sua amada bicicleta totalmente destruída por acidente de percurso. A ciclista Débora Rufo teve sua bicicleta danificada, e para não terminar a programação de carro, foi levada na garupa da participante Cilânia, que usou a bicicleta de Alessandra. Em uma descida as duas se surpreenderam com uma queda, que felizmente não deixou nenhum ferido, apenas muitos risos e comemorações. “Sou protegida por Deus, ainda bem que troquei a bicicleta antes”, comemorou Alessandra.

O percurso foi finalizado na Praça José Eurico Costa, onde as participantes confraternizaram e comemoraram a edição do evento e a vitória em conseguir finalizar o trajeto.

Alegria

A organizadora Rosivânia Nonato avaliou a realização do evento e reforçou que esta é só a primeira edição do ciclismo feminino. “Superamos nossas expectativas, foi tudo muito bom, a gente se empenhou muito para dar certo, e tivemos um apoio muito grande da Prefeitura, Câmara e os amigos. As pequenas falhas vamos corrigir na próxima edição que com certeza irá acontecer. Nosso muito obrigada a todas as participantes e aos nossos parceiros”, comemorou.

Compartilhe no:

Relacionados