Tocantins - 30/10/2020 - 07:56

Após 1° caso de Covid-19 em Rio Sono, empresa suspende transporte entre a cidade e Palmas

Postado em 24/05/2020

Compartilhe no:

A decisão foi informada por um dos donos da empresa, Antônio Flávio. Segundo ele, os proprietários, em decisão conjunta, optaram por suspender totalmente o itinerário por tempo indeterminado.

Após o município de Rio Sono registrar o primeiro caso positivo do novo coronavírus, a empresa Expresso Trans Rio decidiu por suspender totalmente a linha de vans com destino a Palmas.

A decisão foi informada à Entre Rios FM por um dos proprietários da empresa de transporte, Antônio Flávio. Segundo ele, os proprietários, em decisão conjunta, optaram por suspender totalmente o itinerário por tempo indeterminado.

A Expresso Trans Rio já vinha tomando precauções, desde o início do mês de abril, para continuar atendendo a população com segurança, como: uso de mascaras, higienização da van e realizando o itinerário Rio Sono/Palmas/Rio Sono apenas 3 vezes por semana.

Segundo Antônio Flávio, a decisão de interromper a linha de Rio Sono a Palmas, visa o bem estar da população e seus familiares. “Entendemos que, no momento, é necessário pensar no coletivo e buscar diminuir a proliferação do vírus em nosso município. Assim que for seguro, retornaremos o itinerário. Agradecemos a compreensão de todos”, justificou Antônio Flávio. (Com informações da Radio Entre Rios FM)

Primeiro caso

O primeiro caso de Rio Sono trata-se de um paciente do sexo masculino, 61 anos residente no município. Ele apresentou sinais e sintomas da doença dia 17 de maio, três dias após retornar de tratamento oncológico no Hospital Geral de Palmas (HGP).

O paciente apresenta sinais clássicos e leves da doença, como febre e tosse e se encontra em isolamento domiciliar, sendo assistido pela equipe de saúde do município.

O diagnóstico positivo para a Covid-19 foi confirmado por meio da técnica de Swab (coleta em garganta, narina e em outras regiões onde se apresenta uma secreção ou muco) e avaliação de RT-PCR, realizado pelo Laboratório Central do Estado (Lacen). O caso foi comunicado ao município de Rio Sono na noite desta sexta-feira, 22 de maio.

A Secretaria Municipal de Saúde informou que mantém em monitoramento os contatos próximos ao paciente até o fim do prazo preconizado pelo Ministério da Saúde (MS), além de prestar toda a assistência necessária.

Compartilhe no:

Relacionados