Carlesse e outros governadores aderem ao pacto nacional para conter avanço da Covid


Diante do aumento do número de casos de Covid-19 no Tocantins e em outros Estados da federação, o governador Mauro Carlesse aderiu nesta segunda-feira, 08, ao “pacto nacional” para reduzir a transmissão do novo vírus, por meio de medidas restritivas. O anúncio foi feito nas redes sociais da gestão.

Até o último domingo, 07, 22 chefes dos executivos estaduais haviam manifestado uma decisão favorável ao pacto, que tem o objetivo de realizar ações conjuntas para conter o avanço da doença, que já matou mais de 260 mil pessoas no país.

Implantação de leitos de UTI

De acordo com o Governo do Estado, entre as medidas já adotadas, está a implantação de novas unidades de UTI no Tocantins: 10 leitos estão sendo abertos no Hospital Santa Tereza, em Palmas, destes, seis (06) unidades foram disponibilizadas à população no último sábado, 06, e em breve serão abertas mais quatro (04) unidades.

Nos próximos dias, mais 16 leitos de UTI serão instalados no Hospital Geral de Palmas (HGP) e, seguindo a programação, até a segunda quinzena de março, os 20 leitos clínicos do Hospital Geral de Gurupi (HGG) serão transformados em leitos de UTI.  Em Araguaína, 10 leitos de UTI também serão implantados.

“Estes novos leitos irão auxiliar no atendimento da nossa população e são resultados do trabalho constante que temos feito para o enfrentamento à pandemia. E esta é apenas uma das medidas que tomamos para ampliar a oferta de leitos”, afirmou o governador Mauro Carlesse.

No total, o Tocantins conta com 247 leitos clínicos e 140 UTIs, totalizando 387 leitos, sendo 57 em Palmas.

Compartilhe no:



Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *