Tocantins - 17/06/2021 - 01:45

Carlesse pede a prefeitos 15 dias de ponto facultativo para tirar servidores das ruas

Postado em 18/03/2021

Compartilhe no:

“Nosso único inimigo é o Coronavírus”, disse Carlesse, que apresentou proposta para que Estado e Municípios concedam ponto facultativo de 22 a 31 de março aos servidores de atividades não essenciais

Em carta aos prefeitos e prefeitas do Tocantins, o governador Mauro Carlesse pediu a união de esforços entre Estado e Municípios, a fim de diminuir a circulação de pessoas e evitar que mais tocantinenses sejam infectados e percam as vidas para a Covid-19.

Carlesse afirma que convocou o presidente da Associação Tocantinense dos Municípios (ATM), Diogo Borges, solicitou apoio da entidade e apresentou proposta para que governo e municípios “concedam duas semanas de ponto facultativo aos servidores de atividades não essenciais. A ação precisa ser simultânea, de 22 a 31 de março, considerando que os dias 1 e 2 de abril já contam como feriado da Semana Santa”, disse o governador.

O gestor ressalta que “a medida visa tirar de circulação, nos 139 municípios, centenas de milhares de pessoas. Reduzindo a circulação de pessoas e do vírus, mas permitindo que o comércio e os pequenos negócios continuem funcionando, para manter empregos e o pai de família siga levando o pão de cada dia para casa”.

No documento, Carlesse também reforça o pedido para que governadores e servidores fiscalizem e denunciem aglomerações e festas clandestinas para “proteger o povo e salvar vidas”.

Compartilhe no:

Relacionados