Tocantins - 28/02/2024 - 09:51

Folha do Jalapão

Comissão entrega à Mesa Diretora relatório com 29,9 mil inscrições do concurso da Aleto

Postado em 08/02/2024

Para o presidente da Aleto, deputado Amélio Cayres (Republicanos), o resultado, mesmo que preliminar, já superou as expectativas, que giravam em torno de 8 e 16 mil inscrições.

A Comissão do Concurso Público da Assembleia Legislativa do Tocantins (Aleto) entregou nesta quarta-feira, 7, o relatório do resultado preliminar de inscrições homologadas do concurso à Mesa Diretora da Casa.

Ao todo, foram deferidas pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) 29.973 inscrições, sendo 28.614 do Edital 01/2023, das quais 2.590 foram isentadas; e 1.359 do Edital 02/2023, das quais 146 foram isentadas.

Para o presidente da Aleto, deputado Amélio Cayres (Republicanos), o resultado, mesmo que preliminar, já superou as expectativas, que giravam em torno de 8 e 16 mil inscrições.

“O número de inscrições nos surpreendeu e isso é muito bom. Prova a seriedade com que as pessoas estão encarando esta proposta da Assembleia Legislativa e também da empresa que realiza o certame. Espero que continue dando tudo certo e que muito em breve tenhamos novos servidores concursados, prestando um bom trabalho para a população”, afirmou.

A relação completa já está disponível no site da FGV, juntamente com os resultados preliminares de inscrições homologadas e indeferidas das vagas destinadas aos negros e pessoas com deficiência, além dos pedidos de atendimento especial. As relações também serão publicadas, ainda nesta quarta-feira, em edição suplementar do Diário Oficial Eletrônico (DOE) da Aleto.

O prazo para recorrer do resultado preliminar termina nesta sexta-feira, 9. Os candidatos podem acessar o status da inscrição na página do concurso: https://conhecimento.fgv.br/concursos/aleto.

Arrecadação

Das quase 30 mil inscrições homologadas, 27.237 foram pagas. Com isso, a Aleto arrecadou mais de R$ 2,7 milhões, que serão incorporados em seu orçamento. De acordo com Amélio Cayres, o valor é suficiente para pagar a banca organizadora do concurso, que ficou em cerca de R$ 2,3 milhões, e ainda atender outras necessidades de custeio da Casa.

Estiveram presentes no encontro, os deputados estaduais Aldair Gipão (PL), Eduardo Fortes (PSD), Janad Valcari (PL), Júnior Geo (Podemos), Jorge Frederico (Republicanos), Léo Barbosa (Republicanos), Luciano Oliveira (PSD), Marcus Marcelo (PL) e Moisemar Marinho (PSB); e os membros da Comissão de Concurso da Aleto, Alcir Raineri Filho (procurador-geral), Antônio Lopes Braga Júnior (diretor administrativo) e Regismarques Camarço (diretor de pessoal). O diretor-geral da Aleto, Irisfran de Sousa, e demais diretores de área da Casa Legislativa também participaram da entrega do relatório.

Compartilhe no:

Relacionados