Tocantins - 17/06/2021 - 02:10

COVID-19: Justiça garante UTI na rede privada para Lúcio Campelo com recursos do Estado

Postado em 09/03/2021

Compartilhe no:

A família de Lúcio Campelo, ex-vereador em Palmas, conseguiu liminar que obriga o Governo do Estado a custear sua internação na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Santa Thereza, da rede particular da capital. A liminar foi concedida pelo juiz Wiliam Trigilio da Silva, do Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins (TJTO).

Os familiares de Campelo, já sem condições de custear a manutenção de sua internação no Santa Thereza, recorreram ao TJTO, que determinou ao Estado além do custeio da internação, a garantia de exames, medicamentos, transferências em ambulância especializada e cirurgias.

Ex-vereador na Câmara Municipal de Palmas, Lúcio Campelo sofre por reinfecção pelo Coronavírus e segue desde terça-feira, 2, internado em UTI, com Covid-19. Seu estado é grave, por complicações nos pulmões e nos rins. O ex-vereador já havia sido contaminado pelo novo vírus em maio de 2020, com sintomas leves da doença.

Campelo está intubado desde o último dia 04. Além da desoxigenação e do comprometimento de seus pulmões, sintomas característicos da Covid-19, Lúcio sofre de diabetes e, conforme boletim médico expedido na noite de ontem, 08, o paciente também presenta complicações renais, e a equipe médica à frente de seu tratamento considera a necessidade de hemodiálise.

“O quadro continua grave. Continuam, ainda, trocando a posição dele, de barriga para baixo ou barriga para cima para melhorar a respiração. Ele ainda está intubado e tem a pressão controlada por drogas, está tomando dois antibióticos e o médico está preocupado com os rins dele, que estão no limite, e pode precisar de hemodiálise”, informa Anita, filha de Campelo, que conclui: “Vamos continuar orando, e crendo que Deus vai fazer um milagre na vida dele”.

Compartilhe no:

Relacionados