Tocantins - 16/05/2021 - 19:18

Estado tem 100 pessoas diagnosticadas com Covid à espera de um leito hospitalar

Postado em 30/03/2021

Compartilhe no:

O Tocantins tem 100 pessoas diagnosticadas com coronavírus aguardando por um leito hospitalar nesta terça-feira (30). São 64 na fila por uma vaga de UTI e mais 36 esperando por uma acomodação na área clínica. Os dados foram divulgados pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) após uma determinação da Justiça e estão disponíveis no portal Integra Saúde.

O sistema registra o número de identificação do paciente, a cidade de origem, assim como a hora e data em que foi incluído na lista de espera. Todos aparecem com grau de prioridade 1.

A pessoa que está a mais tempo aguardando uma UTI está na fila desde o dia 13 de março. São 16 pacientes esperando uma vaga em Palmas, nove em Araguaína e cinco em Gurupi. A última atualização foi feita às 11h41.

Entre os leitos clínicos, os pacientes a mais tempo na espera são de Gurupi e estão desde o dia 25 de março aguardando uma vaga.

A decisão que determinou a divulgação dos dados saiu na semana passada, após o Ministério Público do Tocantins apontar falta de transparência na regulação dos leitos. Por várias vezes a Secretaria de Estado da Saúde chegou a afirmar que não era possível divulgar os dados.

Além de publicar a lista no portal Integra Saúde, a SES deverá enviar ao Poder Judiciário atualizações semanais sobre a ampliação dos leitos de UTI no Tocantins.

O juiz deixou claro ainda que quem vai decidir a ordem da fila são as equipes médicas, levando em consideração o estado de saúde de cada paciente e disse que a Justiça não deve interferir neste fluxo.

Números da pandemia

O Tocantins chegou a 2.007 mortes ocasionadas pela Covid-19. O número foi contabilizado, nesta terça-feira (30), quando o estado registrou 23 novos óbitos, de acordo com a Secretaria Estadual da Saúde.

Conforme o site Integra, do governo estadual, houve mais 924 contaminações pela doença. Com isso, o estado passou a ter 140.018 diagnósticos.

Segundo a Secretaria de Saúde, os hospitais públicos e contratados estão com 92% dos leitos de UTI ocupados. Entre os clínicos, a ocupação é de 65%

Compartilhe no:

Relacionados