Tocantins - 21/10/2020 - 18:25

Governador prorroga suspensão das aulas e jornada reduzida para servidores até 30 de junho

Postado em 29/05/2020

Compartilhe no:


A suspensão das aulas na forma presencial abrange tantas instituições da rede pública quanto privada, da educação básica ao ensino superior.

As atividades educacionais na forma presencial permanecerão suspensas em todo o Tocantins até dia 30 de junho, assim como a manutenção da jornada de trabalho de 6 horas para os servidores públicos. A prorrogação do prazo consta no Decreto 6.099, assinado pelo governador do Tocantins Mauro Carlesse, que foi publicado na edição do Diário Oficial do Estado (DOE), do dia 28.


“Estamos vivendo um momento sem precedentes. Um vírus muito dinâmico que requer a revisão de nossas ações quase que diariamente. Nossa preocupação maior é com a população, no sentido de evitar aglomerações para que esse vírus não se propague ainda mais, levando mais pessoas a adoecerem e aí colapsar a rede de saúde”, afirma o governador Mauro Carlesse.


A suspensão das aulas na forma presencial abrange tantas instituições da rede pública quanto privada, da educação básica ao ensino superior.
Continua fixado, o horário das 8 às 14 horas, ou seja, 6 horas diárias, a jornada de trabalho nas unidades da administração pública direta e indireta do Poder Executivo Estadual. Cabendo aos dirigentes dos órgãos públicos organizar jornada laboral alternativa, no turno da tarde, das 14 às 20 horas, a fim de se evitar a aglomeração de pessoas.


O trabalho home office é assegurado aos seguintes servidores: idosos com idade igual ou superior a 60 anos; gestantes e lactantes; aqueles que mantenham sob sua guarda criança menor de um ano; portadores de doenças respiratórias crônicas, cardiopatias, diabetes, hipertensão ou outras afecções que deprimam o sistema imunológico.


O governador Mauro Carlesse reforça a necessidade de cada pessoa adotar medidas de prevenção à Covid-19. “Enquanto ente público, nós adotamos medidas como a desinfecção de locais públicos onde tem maior aglomeração em várias cidades para dar uma segurança maior à população. Mas o uso de máscaras é indispensável para qualquer pessoa quando for sair à rua, lavar bem as mãos com frequência, quando não for possível, usar o álcool em gel. É importante ter esse cuidado consigo mesmo e com seus familiares, e se tiver qualquer sintoma procure o serviço de saúde para o devido acompanhamento”, conclui.

Compartilhe no:

Relacionados