Tocantins - 01/03/2021 - 17:24

Início da vacinação em Palmas é marcado com imunização de profissionais da saúde

Postado em 20/01/2021

Compartilhe no:

Em ato simbólico realizado na manhã desta quarta-feira, 20, na Unidade de Saúde da Família da Arno 61 (503 Norte), a Prefeitura de Palmas, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (Semus), deu início à vacinação contra Covid-19, imunizando quatro profissionais que atuam na linha de frente da unidade sentinela.

“Eu falo que o dia de hoje, ele muda significativamente todos os ânimos dos palmenses. e automaticamente de todos os brasileiros que acreditam que é possível através da ciência, da pesquisa e de institutos responsáveis como o Instituto Butantan, com que esse dia se tornasse uma reladidade”, destacou a prefeita de Palmas, Cinthia Ribeiro (PSDB).

A primeira profissional a receber a vacina foi a médica Beatriz Ferroli Cavalcante, de 26 anos. A servidora é clínica geral contratada há cerca de um ano na rede municipal de saúde. Beatriz atua na linha de frente da Covid-19 desde o início da pandemia. Em agosto de 2020, Beatriz contraiu a doença e teve sintomas leves. 

A segunda profissional vacinada foi a técnica de enfermagem Juliana Alves de Souza, de 31 anos. Ela é servidora concursada da Semus e atua na unidade da Arno 61 desde 2014. Juliana é responsável por realizar as coletas de exames para Covid-19 (PCR e TR).

O médico Vitor Kleim, de 24 anos, foi o terceiro a ser vacinado. Ele é contratado desde abril do ano passado, iniciou os atendimentos na Unidade Básica da Arse 101 (1004 Sul) com casos de Covid e demandas espontâneas da comunidade e também atende na Policlínica da Arno 31 (303 Norte).

A enfermeira Keile Cristina Cabral Castro, de 38 anos, foi a quarta a receber a vacina. A profissional é contratada pela Semus há oito meses, atuou em outras unidades da rede municipal e está na USF da Arno 61 desde agosto, onde presta atendimento a pacientes suspeitos e confirmados para a Covid-19. 

A prefeita de Palmas, Cinthia Ribeiro (PSDB), disse que nessa primeira fase, devido ao número de doses recebidas, só serão atendidos 34% dos profissionais. “Infelizmente, nessa primeira fase nós só conseguiremos atender 34% desses profissionais da saúde. A meta do município, inclusive, é continuar trabalhando no sentido da viabilização dessas doses, principalmente da segunda dose, que já está garantida”, comentou a prefeita. 

Cinthia destacou que vão concentrar todos os esforços para que tão logo o município possa entrar na segunda fase da vacinação.

Doses da CoronaVac

Nesta terça-feira, 19, Palmas recebeu do Estado as caixas contendo 3.331 doses da CoronaVac. Além das doses da vacina, foram entregues as agulhas e seringas correspondentes ao quantitativo que será utilizado na primeira aplicação do imunizante. 

De acordo com a Semus, as vacinas serão aplicadas nas próprias unidades de saúde onde os profissionais do grupo prioritário estão lotados. Além dos servidores municipais da saúde, profissionais de saúde que atuam na linha de frente nos hospitais estaduais e particulares também serão imunizados, conforme relação de trabalhadores enviada ao município pelos estabelecimentos de saúde e, ainda, condicionado à disponibilidade de doses.

Dentro de 21 dias, está previsto o repasse de outras 3.331 doses da vacina, equivalentes à segunda aplicação do imunizante contra a Covid-19, respeitando o intervalo recomendado de 28 dias entre a primeira e a segunda aplicação.

Compartilhe no:

Relacionados