Tocantins - 20/10/2020 - 11:32

Jordel Macedo inicia articulações pela Prefeitura de Novo Acordo

Postado em 29/04/2020

Compartilhe no:

“O município ainda não teve nenhum prefeito jovem, a gente vem com essa opção nesse processo eleitoral“

Ao confirmar sua pré-candidatura como prefeito de Novo Acordo, o jovem vereador Jordel Marcedo (MDB), 23 anos, diz que vem com a proposta de ser o nome novo, leve, sem rejeição. Ele ainda aponta como maior incentivo o apoio recebido da comunidade e da Câmara Municipal.

Ao falar da sua experiência na política, Jordel Macedo ressalta que aprendeu a ser administrador, pois vem de uma família empreendedora no município e reforçou que a juventude tem que participar do processo político. “O município ainda não teve nenhum prefeito jovem, então a gente é uma opção nesse processo eleitoral. O Brasil hoje já conta com muitos políticos jovens que buscam implantar exemplos de administração, é por isso e muito mais, que eu estou me colocando à disposição da sociedade como pré-candidato a prefeito, se assim foi possível, registrar a minha candidatura e ir em busca da vitória focando sempre no objetivo de fazer muito mais no Executivo Municipal”, ressalta o vereador.

Jordel ocupou seu primeiro cargo como vereador aos 19 anos, foi presidente da Câmara por um ano, período que para ele trouxe amadurecimento na administração pública. “Administrar a Câmara foi uma experiência magnífica, me trouxe muita maturidade, conseguimos fechar as nossas contas com aprovação, fizemos boas administrações, captamos recursos, utilizamos verba própria da Câmara e com isso a gente fez um trabalho exemplar. Vários mandatos anteriores à minha gestão não conseguiram deixar o que consegui.  Instalamos a garagem no prédio da Câmara, adquirimos um carro com recurso próprio pago à vista, no valor de R$ 53.100,00 em apenas sete meses de gestão”, ressaltou o pré-candidato.

O pré-candidato afirma que a palavra mudança é forte e que a juventude tenha muita sabedoria e conhecimento, mas não descarta em nenhum momento a participação dos políticos experientes. Jordel conta ainda que seu nome nasceu para a disputa após o prefeito anunciar que não iria concorrer à reeleição. “Fui convidado para ir para o MDB para colocar o meu nome na pré-campanha, é uma honra, e eu não poderia dizer que não aceitaria ser candidato a prefeito por um grupo tão bonito, que é o maior partido hoje de Novo Acordo, formado pelo MDB”.

Sobre as articulações, Jordel conta que a família é sua base, que de lá veio o sinal positivo, depois ouviu as lideranças, amigos, principalmente as famílias mais velhas. Estamos fazendo essa articulações, calmamente, tranqüilo, para poder mostrar nossa proposta, nosso carisma, humildade e vontade de tentar fazer uma nova política”, conta.

Ainda em articulações, o vereador enfoca que o momento seu nome é para a majoritária, que não há nenhuma pretensão na vaga de vice. Caso haja algum impedimento de não poder ser o candidato a prefeito, ele afirma que disputará a reeleição como vereador. “Eu não estou querendo atropelar o processo dentro do grupo, coloquei meu nome à disposição, não por falta de nomes, mas por ser solicitado, eu estarei no grupo da base o tempo todo. Se a sociedade entender que não é meu momento, vou amadurecer, com obediência, carisma, manter esse mesmo jeito de ser, até chegar a hora, porque tudo é advindo de Deus”, concluiu.

Compartilhe no:

Relacionados