Tocantins - 25/07/2021 - 08:33

JORNALISMO EM LUTO: Nilo Alves, jornalista músico e historiador, morre vítima da Covid-19

Postado em 12/03/2021

Compartilhe no:

Morreu nesta sexta-feira, 12, o jornalista, músico e historiador Nilo Alves, vítima da Covid-19. Nilo enfrentava a doença nos últimos dias e estava no Hospital de Taquaralto, já com 90% de seus pulmões comprometidos.

O jornalista aguardava transferência para o Hospital Geral de Palmas (HGP), mas não resistiu às complicações da doença. Sua morte mobiliza toda a classe jornalística do Tocantins, e foi confirmada pelo seu amigo e também jornalista Cléber Toledo, que presta apoio à família neste momento.

“Meu querido amigo, um irmão querido, um artista absolutamente talentoso. Nilo Alves não resistiu à Covid e faleceu nesta manhã. Meu coração está triturado. Que tristeza absurda”, lamentou Cléber Toledo.

A carreira musical de Nilo Alves perdurava por mais de três décadas, desenvolvida nos estados de Goiás e Tocantins. Sua primeira obra, Poema Cartaz – Arca Incendiada foi lançada em 1998, uma parceria de Nilo com outro jornalista e amigo, Tadeu Porto.

No ano seguinte Nilo realizou a turnê “Andança”, se apresentando em vinte capitais brasileiras. Entre os anos de 2006 e 2008, o artista realizou no Tocantins o projeto “Música vai à Escola”.

Compartilhe no:

Relacionados