Tocantins - 25/07/2021 - 08:56

LAGOA DO TO: Secretário de Saúde do Município se reúne com comerciantes e aborda prorrogação de medidas contra a Covid

Postado em 19/05/2021

Compartilhe no:

As normas de distanciamento em vigor serão prorrogadas por meio de novo decreto. O secretário Saulo Campos explicou aos comerciantes locais que o número de casos em tratamento ainda é alto no Município.

Tendo como base o bom relacionamento da Gestão com os comerciantes do Município de Lagoa do Tocantins, o secretário Municipal de Saúde, Saulo Campos, esteve nesta quarta, 19, reunido com a classe para tratar das medidas contra o novo coronavírus no Município

Estiveram presentes proprietários de restaurantes, bares, lanchonetes e pizzarias. Durante o encontro que ocorreu no auditório da Prefeitura Municipal, o secretário ouviu as demandas e questionamento dos comerciantes quanto á flexibilização, mas explicou que neste momento o afrouxamento das regras é inviável, devido ao alto número de casos no Município.

“Já nos reunimos com o prefeito e ele assimilou que ainda estamos com um número considerado alto de pessoas em tratamento. Não dá para flexibilizar agora por causa deste número alto e solicitamos a compreensão dos comerciantes e também de toda a população”, disse ele.

Na ocasião o secretário enfatizou que as medidas serão prorrogadas por meio de um novo decreto, a ser publicado ainda nesta quarta-feira, 19, e que deve valer até o dia 3 de junho. O prefeito Leandro Soares reafirmou seu compromisso com a saúde de todos. “Estas medidas são para o nosso bem, para a saúde da população e nós vamos conseguir frear este vírus em nosso Município por meio dessas regras e da conscientização de todos”, comentou.

Dentre as regras estão a suspensão do consumo de alimentos e bebidas em bares, lanchonetes e restaurantes, assim como a permanência de clientes, proibido a participação em jogos (sinuca, baralho, dominó, dama, e etc.), prevalecendo apenas o atendimento para retirada de pedidos (alimentos e bebidas) e entregas (delivery), respeitando o horário de fechamento de todas as atividades até às 20:00 h, sendo o serviço de entrega (delivery) permitido até meia noite. Também é proibido o uso de mesas e cadeiras nos estabelecimentos.

Atualmente o Boletim Epidemiológico da Secretaria de Saúde registra 32 em tratamento, e 20 aguardando resultado de exames, além de um hospitalizado.

Compartilhe no:

Relacionados