MATEIROS: Secretaria de Saúde e Naturatins, em parceria com Sedematur, capacitam Agentes Municipais


A ação integrada das secretarias municipais visa capacitar os agentes para atuação junto à Vigilância Sanitária para garantir a atualização do protocolo de segurança do trade turístico de Mateiros.

A Prefeitura Municipal de Mateiros está realizando uma capacitação voltada para os agentes municipais da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Meio Ambiente e Turismo, para atuação no enfrentamento à pandemia no Município, e redução do risco de transmissão da doença, e faz parte de um conjunto de medidas tomadas pelo secretário Maicon Dimbarre para reforçar o Jalapão como destino Seguro para os turistas.

A capacitação da Secretaria de Saúde preconiza as medidas sanitárias para reduzir o risco de transmissão da Covid-19 e atualização do protocolo do trade do turismo em Mateiros, para que os agentes atuem com a vigilância sanitária junto à população, com devido suporte de orientação em relação ao cumprimento de isolamento social e dos decretos municipais, com abordagem social na comunidade e demais ações direcionadas à sensibilização, prevenção e controle da pandemia no município.

A coordenadora da atenção básica do Município, Ceilane Menezes, reitera que o treinamento efetiva as ações de fiscalização. “As ações integradas das secretarias municipais, mostra a preocupação com a população. A mobilização social é de extrema importância para a prevenção da Covid-19, e essa comunicação possibilita uma resposta à pandemia de forma mais rápida e efetiva, para que todos adotem as medidas de prevenção necessárias, ajudando a salvar vidas e diminuindo o impacto negativo causado pelo o coronavírus”, explica.

Capacitação

A oficina de educação ambiental tem como instrutor Thomas Nakata, do Naturatins, que elenca os principais temas estudados pelos agentes, e ressalta que teve como base a legislação federal a política de meio ambiente de Mateiros. “O objetivo da educação ambiental é construir valores, conhecimentos, habilidades, competências que são voltadas para a conservação do meio ambiente, trazer qualidade de vida à população e sustentabilidade dos recursos”, pontuou.

Conforme explicou o instrutor, a educação ambiental deve ser componente essencial e permanente da educação, devendo estar em todos os níveis, tanto no caráter formal e não formal, se guiando pelo princípio de que todos têm direito a um meio ambiente ecologicamente equilibrado e a obrigação de preservá-lo para presente e futura geração.

 “Existe uma obrigação de se recuperar as áreas degradadas, e nós que trabalhamos nas pastas ambientais, os agentes municipais que vão ser ativos e vão estar participando desse processo de educação ambiental e de recuperação de áreas degradadas, é muito importante que a gente tenha uma base de conhecimento ecológico, de biologia, solo, botânica, para que a gente possa fazer isso de maneira efetiva”, ressalta Thomas A Sedematur conta com ações programadas para serem realizadas, como o Dia Mundial da Água, Dia Mundial do Meio Ambiente, o Dia Nacional do Serrado, o Dia da Árvore, e busca dar visibilidade ao fazer ações positivas em prol do meio ambiente, como plantio de árvores em áreas degradadas e promovendo também proteção das nascentes e cursos água.

Compartilhe no:



Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *