Tocantins - 22/01/2022 - 19:59

Folha do Jalapão

Mateiros intensifica ações para vacinação com apoio da Organização Pan-Americana de Saúde

Postado em 11/01/2022

A equipe da Saúde Municipal, com apoio da Organização Pan-Americana de Saúde, iniciou uma série de visitas nas zonas urbana e rural para elevar o percentual de vacinação contra o coronavírus, principalmente, para a segunda dose, que tem baixa procura pela população

Preocupada em efetivar a imunização da população contra o coronavírus, a Prefeitura de Mateiros, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, intensificou com uma série de ações iniciadas nesta segunda-feira, 10, a busca ativa para elevação da cobertura vacinal do município. Para isso a Prefeitura recebeu o apoio da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS), Ministério da Saúde e Secretaria de Estado da Saúde do Tocantins.

A ação conjunta tem como objetivo elevar a cobertura vacinal contra a covid-19 em Mateiros. A busca ativa é realizada pela equipe de vacinação composta por enfermeira, técnico em enfermagem/vacinador, registrador e motorista com veículo, que percorrem todas as residências e comércios da área urbana e as localidades da área rural, até o dia 19 de janeiro.

O Secretário Municipal de Saúde, Sinvaldo Moraes, explicou que o projeto não tem custo ao município e que a contratação da equipe é feita diretamente pela Coordenação da OPAs e Ministério da Saúde. “É muito importante que as pessoas tenham uma boa receptividade, pois esta ação irá garantir a imunização das pessoas que por algum motivo ainda não receberam a primeira, segunda ou terceira dose da vacina. Pedimos a população mateirense que se sensibilize, no sentido de realizar e completar o esquema vacinal contra a covid-19, para que possamos amenizar o impacto da pandemia em Mateiros, no Tocantins, no Brasil e no mundo”, frisou.

Conforme o secretário, os dados da Secretaria Estadual de Saúde mostram que o município ainda não atingiu o percentual de vacinação adequado, que é de 80%. “A meta para considerar a população imunizada é alcançar 80%, o que ainda não foi alcançado pelo município, que está com 67,43% em aplicações, na primeira dose com 69%, e na segunda ainda com percentual baixo de 43%. O maior objetivo então é elevar essa cobertura vacinal”, disse.

Compartilhe no:

Relacionados