MATEIROS: Secretaria de Saúde lança campanha de combate ao Aedes Aegypti


Fotos: Will/Ascom

Além da pandemia do novo coronavírus, iniciada há mais de um ano, a comunidade mateirense está atenta às doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti, que provoca doenças como a dengue e febre chikungunya.

A Secretaria Municipal de Saúde, em parceria com a Secretaria de Administração de Mateiros iniciou no dia 19 de março uma grande mobilização com ação preventiva de combate aos criadouros do mosquito Aedes Aegypti que é o transmissor da dengue. A operação foi iniciada no setor Bela Vista e contou com a participação de 26 servidores. 

A equipe levou a mensagem de cuidados e percorreu ruas em busca de criadouros, alertando a população sobre o perigo da dengue, da febre chikungunya e zika vírus, doenças relacionadas ao Aedes.

Durante todo o percurso no setor Bela Vista, os profissionais orientaram os moradores entregando fôlderes, saco de lixo, removendo lixo dos terrenos baldios e das residências, objetos, utensílios que possam servir de criadouros do mosquito.  A aplicação de larvicidas foi feita onde foram encontradas as larvas.

Ainda de acordo com a Secretaria da Saúde, a ação se estenderá no decorrer do mês. Seguindo o cronograma de programação da equipe. Para a coordenadora da atenção básica Ceilane Menezes, a participação da população é fundamental. “O combate à dengue e outras doenças transmitidas pelo mosquito se dá através da eliminação de possíveis focos. É importante que os moradores mantenham calhas e quintais limpos e estejam atentos a locais com água parada, sobretudo após chuvas”, reforça Ceilane.

Vale ressaltar que todas as faixas etárias são igualmente suscetíveis, porém as pessoas mais velhas têm maior risco de desenvolver dengue grave e outras complicações que podem levar à morte. O risco de gravidade e morte aumenta quando a pessoa tem alguma doença crônica, como diabetes e hipertensão, mesmo tratada.

Dengue

A doença é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, que também é responsável por transmitir duas graves enfermidades: a Zika e a Febre do Chikungunya. Para controlar a proliferação do mosquito é preciso evitar água parada, em qualquer época do ano, mantendo bem tampado tonéis, caixas e barris de água, caixas d’agua; acondicionar pneus em locais cobertos; remover galhos e folhas de calhas; não deixar água acumulada sobre a laje; encher pratinhos de vasos com areia até a borda ou lavá-los uma vez por semana e fazer sempre a manutenção de piscinas.

Compartilhe no:



Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *