Tocantins - 28/02/2024 - 08:22

Folha do Jalapão

NOVO ACORDO: Alunos da Escola do Assentamento Primogênito contam história da comunidade

Postado em 04/12/2023

A culminância do Projeto “Assentamento Primogênito: uma história de muitas histórias…” foi recheada de emoções e apresentações que demonstram envolvimento dos estudantes com a trajetória da localidade

Os estudantes da Escola Municipal Deusiano Coelho de Sousa, no município de Novo Acordo, participaram de uma importante ação na noite desta sexta-feira, 1º. Em um evento cheio de emoção e alegria, os alunos que moram no Assentamento Primogênito, localizado em uma região rural da cidade, participaram da culminância do Projeto “Assentamento Primogênito: uma história de muitas histórias…”.

As atividades com os estudantes da pré-escola até o 7º ano do ensino fundamental foram trabalhadas em sala de aula durante toda a semana. O objetivo do projeto foi proporcionar às crianças o conhecimento e valorização da comunidade local, fomentando seus pontos positivos, relembrando bons e felizes momentos, bem como seu desenvolvimento ao longo dos 25 anos de história.

A programação foi iniciada com um vídeo que retrata como tudo começou, assim como as dificuldades, como a construção das moradias e os desafios, falta de água, energia elétrica, entre outros. Ainda no telão, foram exibidos depoimentos de pioneiros da comunidade, que ressaltaram as dificuldades e também os avanços.

O evento teve a participação da comunidade escolar, estudantes, professores e demais servidores, além de moradores do Assentamento. Também estiveram presentes a prefeita Deusany Batista, o secretário municipal de Educação, Eudivane Xavier, o presidente da Câmara Municipal, Cássio Patrício, diretora das escolas rurais, Gracione Pereira e o presidente da Associação de trabalhadores Rurais da Comunidade, Deusivan Ribeiro Glória.

Na ocasião, a prefeita Deusany falou da alegria em prestigiar um momento festivo para o assentamento. “Parabéns a toda a equipe pelo trabalho, é importante esse projeto, porque ele resgata o respeito pela história da Comunidade em que essas crianças vivem”, disse a gestora. Já o secretário Eudivane frisou que a iniciativa é de relevância para os moradores. “Isso é muito bom para os educandos, para que eles saibam que cada indivíduo faz parte deste processo como ser ativo”, pontuou.

A coordenadora da escola, Neiliane Ribeiro de Amorim, destacou o envolvimento de estudantes, servidores e comunidade na realização do projeto. “Muitos dos pioneiros quando tiveram que voltar no tempo se emocionaram muito. Pois é uma história de muitas histórias”, acrescentou.

Os alunos realizaram apresentações de cantigas de roda, dança representado atividades corriqueiras, poema de autoria dos próprios estudantes, além de paródia de uma das músicas que marcaram o início da comunidade. Também foram feitas encenação com estudantes, roda de conversa, e uma homenagem à primeira professora na Comunidade, Osavaldina Nascimento dos Reis.

Houve ainda apresentações com a participação da Comunidade, com sanfoneiros e viola de buriti, realizadas pelos artistas locais Missim da Viola, Bigode de ouro, Feliciano, Zé de Lozinha e Branco, além da declamação d poema com pessoas da Comunidade e música com mães de alunos.

Compartilhe no:

Relacionados