Tocantins - 03/12/2020 - 07:02

Os novos prefeitos do Jalapão e seu “cenário desafiador” nos Municípios

Postado em 16/11/2020

Compartilhe no:

O domingo foi de eleição em todo o Brasil, e a população do Jalapão elegeu os novos nomes que irão administrar os municípios nos próximos quatro anos. Confira quem foram os eleitos e os resultados das urnas nos nove municípios da Região.

Este domingo, 15 de novembro, foi a data histórica em que os eleitores brasileiros decidiram o futuro dos municípios. As votações ocorreram durante o dia, de forma diferente para todos: normas severas de distanciamento social, como uso de máscara, álcool em gel, e uso individual de canetas para assinatura, além da ampliação do horário de votação.

Os prefeitos que assumirão a administração de suas cidades a partir de 1º de janeiro de 2021 encontrão mais dificuldades que os seus antecessores. A economia brasileira estará em recuperação após a recessão mais aguda da história, provocada pela pandemia de covid-19. No rastro da crise, queda de arrecadação e aumento do desemprego. As despesas não deverão dar trégua, ainda sob ameaça de mais gastos por causa de novas infecções.

Os novos administradores municipais começarão o mandato fazendo conta de menos. Conforme previsto em lei, os municípios, assim como estados e Distrito Federal, deixarão de receber o auxílio emergencial pago pela União após nove meses de pandemia.

Na região do Jalapão, os resultados foram esperados com muita expectativa. As urnas registraram os votos dos eleitores, com alguns resultados já esperados, e outros que surpreenderam. Confira quais foram os prefeitos eleitos nas cidades do Jalapão.

Aparecida do Rio Negro

Suzano Lino Marques foi eleito com 53,80%, e conquistou 1734 votos

Na pequena cidade de Aparecida do Rio Negro, Suzano Lino (MDB), e seu vice Assis Coutinho (Cidadania) vence as eleições.

Suzano vai receber um Município organizado. O atual prefeito Deusimar Amorim em seus oito anos de administração transformou o Município e construiu obras de grande importância.

Santa Tereza do Tocantins

Antônio Campos foi eleito com 61,10% e conquistou 1583 votos

Santa Tereza será administrada por Antônio Campos que tem como vice Donizete Pereira. A coligação recebeu apoio dos ex-prefeitos Joaquim Viera e Neto Trajano, além dos deputados Cleyton Cardoso, Antônio Andrade e Eduardo do Dertins.  Na região Antônio Campos foi o mais votado.

Antônio Campos terá logo em janeiro de 2021 grandes desafios, mas traz consigo uma equipe preparada para reorganizar a casa.

Lagoa do Tocantins

Leandro Soares foi eleito com 60,26% conquistou 1501 votos

O empresário Leandro Soares (PSD) foi eleito com mais de 60% dos votos. O jovem prefeito traz consigo Nonato Amaral como vice. Leandro fez sua campanha na sola do sapato. Não escondeu sua origem humilde, fator maios importante na conquista dos 1501 votos.

O jovem prefeito receberá um Município bem organizado. O prefeito Nonato deu nova cara na cidade e não esconde a vontade de ajudar Leandro a dar seqüência na boa gestão.

Ponte Alta do Tocantins

Kleber do Sacolão foi eleito com 50,47% conquistou 2132 votos

Em Ponte Alta do Tocantins, o portal de entrada do Jalapão, reelegeu o prefeito Kleber (PSD), tendo como vice Juliana Gastaldi (PT). Ponte Alta é a maior cidade do Jalapão e ganha cara nova com construção de várias obras.

O prefeito inicia sua gestão com a construção de novas obras, inaugura o portão de entrada da cidade e segue sua gestão que sempre foi pautada na seriedade.

São Félix

Carlos Irael (Carlão), foi eleito com 45,03% e conquistou 621votos

Carlos Irael (MDB) vence a eleição com uma diferença grande no menor município do Jalapão. Carlos se uniu ao vereador Gercimar Xavier (Avante), que é seu vice e percorreu o município apresentando suas propostas de Governo.

Carlão terá a responsabilidade de administrar a menor Cidade do Jalapão, mas que virou a princesa da região. A maior missão do novo gestor será a conquista e aproximação do Governador Mauro Carlesse. São Félix vive um momento de crescimento, recebe grandes empreendedores e seu turismo cresceu mais de 80% nesses últimos dois anos.

Novo Acordo

Professora Deusany foi eleita com 48,36% conquistou 1.491 votos

Novo Acordo vai voltar a ser governado por uma mulher: a professora Deusany Batista (DEM) que traz consigo, Marlim Andrade (PP), como vice.

A nova prefeita terá a responsabilidade de fazer o novo. Seu nome foi pregado para a inovação. O município precisa se alavancar para o desenvolvimento.

Rio Sono

Itair Martins foi eleito com 58,52% conquistando 2.119 votos

O prefeito Itair Martins (DEM), foi reeleito com uma porcentagem grande. Ele conquistou a parceria dos ex-prefeitos, oito vereadores e levou para ser sua vice Leila Campos (MDB), uma pessoa muita querida no Município.

Itair Martins começa sua nova gestão em sede nova e fazendo entrega de várias obras no Município. A responsabilidade cai dobrada em seus ombros, pois foi eleito com mais de 58% de aceitação.

Lizarda

Professora Sussu foi eleita com 50,20% e conquistou 1238 votos

Suelene Lustosa (DEM) conquistou mais quatro anos como Prefeita de Lizarda. No Jalapão foi a eleição mais acirrada, ela venceu com apenas dez votos de diferença. Sussu, como é conhecida, administra o próximo mandato tendo como vice Joseane Benício.

Sussu dará seqüência em sua gestão que foi pautada com seriedade e construções de obras. A prefeita deverá manter o equilíbrio nas finanças, marca principal de sua gestão.

Mateiros

Pastor João Martins foi eleito com 50,56% e conquistou 809 votos

O Município de Mateiros reelege pela primeira vez um prefeito. João Martins, no final de seu mandato, transforma Mateiros em um canteiro de obras e isso deu a ele a oportunidade de continuar sendo o futuro gestor, tendo como vice Domingos Barreira.

Pastor João deve outra vez iniciar seu mandato inaugurando obras, assim como fez em 2017, quando em menos de 90 dias de mandato ele entregou obras na zona rural.

Compartilhe no:

Relacionados