Tocantins - 29/10/2020 - 07:24

Pedal Rosa é atração na comemoração do Dia Internacional da Mulher em Novo Acordo

Postado em 17/03/2020

Compartilhe no:

No Dia Internacional da Mulher, as mulheres do grupo Pedal Rosa percorreram mais de 36 km com objetivo além do incentivo ao esporte: reforçar a conquista das mulheres na sociedade e mostrar que a mulher pode ser e fazer o que ela quiser

Grupo Pedal Rosa

Em um mundo onde a desigualdade de gênero ainda está presente em algumas modalidades, em Novo Acordo, algumas mulheres se uniram para fazer do pedal uma forma de ativismo. Além de Caroline Alves Cruz, idealizadora do Projeto Pedal Rosa e proprietária da Auto Giro Moto, outras mulheres fizeram questão de participar da ação para mostrar à sociedade o empoderamento feminino da cidade através da bike.

Na manhã do dia 8 de março, as integrantes do Pedal Rosa pegaram suas bicicletas, e com muita força e determinação, executaram um longo percurso. A data foi comemorada de uma forma muito especial para mais de 50 novoacordenses.

O evento enalteceu a superação feminina, ao longo dos anos e destacou que a união é o melhor caminho para vencerem os obstáculos. O grupo realizou a comemoração com a contribuição de cada componente para as despesas. Para uma das organizadoras, Barbara Amaral, o momento também foi motivado pela data comemorativa, considerado um dia de luta. “O que nos motivou foi fazer um evento de ciclismo para o público feminino, incentivando a prática do esporte. Pretendemos também fazer o outubro rosa e faremos tantos outros que possam enaltecer a força feminina no esporte”, pontuou.

Barbara falou ainda da importância da data para cada mulher participante: “Nós mulheres somos divas e temos que ressaltar isso sempre, nos valorizar. A mulher tem que ser empoderada”, disse.

Percurso

O domingo chuvoso não desanimou as mulheres, que iniciaram com uma oração e as orientações necessárias. A equipe saiu bem cedo da Cidade, e seguiu na rodovia que liga Novo Acordo a Santa Tereza. A cada pedalada, as componentes mostravam garra e motivação para completar o percurso. Mayara Glória liderou o grupo estando à frente durante todo o trajeto. “Pedalo só há dois meses. Na verdade, não tinha feito um percurso tão longo. Só de 13 km. Hoje o clima ajudou muito, além da vontade de comemorar o Dia da Mulher”, disse a jovem de 31 anos.

O fim do percurso em asfalto foi aos 18 km, quando aconteceu o primeiro descanso e foi servido um café reforçado para repor as energias. Dali para frente os desafios aumentaram e as participantes também se motivavam para continuar o passeio.

Após percorrerem as ruas do Assentamento Primogênito, o grupo foi dirigido para a   Fazenda Boa Sorte, onde foram recepcionados pelos vereadores, prefeito e muitos curiosos que foram conhecer as ciclistas determinadas.

A anfitriã e Presidente da Câmara do Município, Vicentina Ribeiro, recepcionou o grupo, e também recebeu os vizinhos que foram conhecer de perto o movimento.  A vereadora reforçou seu apoio, especialmente pela data comemorativa. “Esse grupo mostra a superação da mulher e nós que estamos à frente do parlamento temos que apoiar. Minha satisfação em receber a cada uma em minha casa é muito grande. A cada dia temos que apoiar mais umas às outras”, comentou.

 O almoço especial servido a todas contou com churrasco, com a presença do prefeito Elson Lino. O retorno da equipe ocorreu às 15h30, com chegada na Cidade às 17h, totalizando 72 km. O grupo também contou com a atenção do vereador Jordel Macedo, que acompanhou a equipe durante todo o evento com carro de apoio. “Meu apoio advém da minha preocupação em manter essas tradições, interação entre elas, com os esposos, os parceiros. Incentivar e buscar estar junto, interligando o esporte, e isso é muito bonito, o entusiasmo delas”, disse o parlamentar.

Para que tudo corresse bem, a organização solicitou a equipe da Saúde Municipal para acompanhar o grupo com carro, motorista e com a técnica em enfermagem Graciane Ribeiro, que relatou que não houve nenhuma ocorrência durante o evento.

Dona Ana Carvalho Dourado, de 57 anos, foi a última a concluir os 18 primeiros km, mas não desanimou e falou da emoção em concluir o passeio. “Estou me sentindo em 1º lugar, porque com 57 anos consegui chegar até aqui e isso é ser mulher, se valorizar. Sou mãe, avó, mulher que contribui com o mundo. Quero sempre participar e meu próximo desafio será a cavalo”, confidenciou.

Segundo Caroline Alves, o Pedal Rosa surgiu no ano passado com a finalidade de destacar o empoderamento feminino, mas agora busca promover a integração entre as amantes do esporte durante o ano todo. “Devido ao grande número de venda de bicicletas feminina pela minha empresa, tive a ideia de criar o Projeto Pedal Rosa, para estímulo da prática do esporte aqui em Novo Acordo. Hoje eu posso afirmar que valeu apena, pois as mulheres abraçaram a causa e fizeram bonito em nossa primeira edição”, conta Caroline.

Ao final do evento, as ciclistas se reuniram para uma confraternização na Praça  do Salmom, onde tiveram momentos de descontração. “Foi uma ação bastante positiva e já estamos pensando na 2ª edição, o que será realizada em outubro na programação do Outubro Rosa”, ressaltou Caroline.

Compartilhe no:

Relacionados