Tocantins - 20/06/2021 - 01:31

Pequenos produtores de Aparecida são atendidos com gradeamento de terras

Postado em 19/01/2021

Compartilhe no:

A Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Agricultura, está realizando os atendimentos às propriedades rurais do Município, com o gradeamento de terras. O prefeito Suzano Lino acompanhou o trabalho que está sendo executado e reforçou seu compromisso com a agricultura do Município.

A agricultura familiar ajuda a aquecer a economia de Aparecida do Rio Negro, e os produtores rurais têm a Secretaria de Agricultura como uma forte aliada na produção.

Desde o início da gestão do prefeito Suzano Lino, a Secretaria presta atendimento ao produtor rural, auxiliando as propriedades no cultivo da terra. Cerca de 40 produtores já receberam ajuda por meio do trator neste ano, preparando o solo para o plantio

.

O prefeito Suzano Lino acompanhou o trabalho executado pela Secretaria nesta terça-feira, 19, em algumas propriedades no entorno do Município. Para ele, o atendimento aos produtores é mais uma prioridade da gestão. “Já fui prefeito, já conhecemos essa demanda e voltamos com o nosso intuito de atender a todos os que precisam. A Secretaria começou a atender as demandas reprimidas que vieram da gestão anterior e também tentando atender algumas novas, dentro da limitação que se tem”, afirmou o gestor.

Suzano Lino reiterou que como prefeito, quer visitar as propriedades e conhecer os desafios de cada um. “Eu praticamente visitei todas as fazendas aqui de Aparecida e acho que o prefeito deve conhecer a realidade do seu município. Então nós vamos fazer isso ao longo do ano, entrar na casa de cada um, e atender a todos sem escolher ninguém, mas todos que necessitam do auxílio”, diz o prefeito.

 A Chácara “Presente de Meu Pai”, distante três quilômetros da cidade, foi uma das atendidas nesta manhã e acompanhada pelo gestor, ao lado do secretário de Agricultura, Josenilson Joanes, do médico veterinário Dilmar de Lima, e do diretor de Compras José Rodrigues.

Satisfeita com a ajuda em boa hora, a proprietária Beatriz Rodrigues conta que logo irá iniciar o plantio. “Isso é bom demais, a gente vai plantar aqui feijão, o milho, produzimos banana também ali no bananal. Aqui estão sendo gradeadas umas duas tarefas, e não demorou, foi rápido o atendimento desde que solicitamos na Prefeitura. Para nós que dependemos da roça, essa ajuda é muito boa e necessária. Nossa família depende disso e ficamos muito felizes com esse atendimento”, conta a proprietária.

A agricultora vizinha, Maria da Balsa, também já recebeu o gradeamento das terras na chácara Santa Maria, e fala da alegria em receber a ajuda para o plantio. “Graças a Deus sou abençoada em receber esse atendimento. Aqui planto mandioca, milho, feijão, tudo para o nosso consumo, e graças à Prefeitura temos essa oportunidade”, conta a produtora.

Na Chácara Floresta, que fica a dois quilômetros da Cidade, o agricultor Valmo Miranda também foi atendido. “Aqui vou trabalhar com irrigação, plantar o milho, mandioca, fazer uma horta, para a gente vender, abastecer também a merenda escolar quando voltarem as aulas. Hoje o braço direito do agricultor é a Prefeitura, não conseguimos produzir sem essa ajuda, e eu procurei o órgão público e fui atendido, as máquinas trabalham para todos”, ressaltou o agricultor e teve 1 hectare de terra gradeado, e conta também com um bananal na propriedade.

A Chácara trabalha ainda com piscicultura, e tem recebido retorno com os investimentos, que também tiveram apoio com execução de trabalhos da Prefeitura. A Secretaria de Agricultura também pretende trazer novos incentivos, como cursos voltados para diversas culturas agrícolas, como a piscicultura.

Atendimentos

Conforme explicou o secretário Josenilson Joanes, o Município conta com quatro tratores, sendo que apenas um está em condições de uso. Os demais estão sendo recuperados para uso. A Secretaria também tem um roçadeira que já atende os produtores, e uma calcareadeira que está sendo recuperada. “Estamos trabalhando desde o dia primeiro, fazendo levantamentos e atendendo as demandas. Já conseguimos atender 50% da demanda remanescente do ano passado, e também alguns produtores deste ano”, explica.

Já foram atendidos parte dos produtores das regiões Barreiro, Arara, e Rio Negro. O secretário solicita dos agricultores paciência, já que havia grande demanda de atendimentos ainda do mês de novembro. “A gente já entrou atuando desde a transição, fazendo um levantamento na Pasta da Agricultura. E de acordo com o que a gente recebeu, já fomos prestando serviços aos produtores. Estamos atendendo coisas remanescentes do ano passado, uma demanda bem alta. E nossa dificuldade é que estamos com um trator somente funcionando. E por isso, a gente pede um pouco de paciência do produtor, porque temos as regiões que estamos atuando, mas estamos atendendo de acordo com a necessidade”, disse ele.

De acordo com o secretário, os produtores também podem utilizar as máquinas, por meio da assinatura de um termo de responsabilidade, para a devolução do maquinário no mesmo estado de conservação.

Compartilhe no:

Relacionados