PONTE ALTA DO TO: CMASPA realiza 8ª Conferência Municipal de Assistência Social


Fotos: Cleber Matos/Ascom

A 8ª Conferência Municipal de Assistência Social foi realizada no Cras (Centro de Referência de Assistência Social) nesta terça-feira, 24, quando a população pôde participar de um debate com o intuito de encontrar meios para melhorar as políticas públicas neste segmento da administração municipal.

O evento contou com a participação de membros do Conselho Municipal de Assistência Social (CMASPA), usuários do Sistema Único de Assistência Social (Suas), secretários municipais, vereadores, servidores e equipe da Secretaria Municipal de Assistência Social.

Para a realização da conferência todas as normas de distanciamento social foram cumpridas, com uso de máscara, aferição da temperatura e uso do álcool em gel.

A programação foi aberta com a composição da mesa pelo presidente do CMASPA, Dulciene Turíbio, vice-prefeita da cidade, Juliana Gastaldi, secretária Municipal de Assistência Social, Rosana Farias, e a representante da sociedade civil do CMASPA, Helena Lustosa.

A abertura contou ainda com a apresentação musical dos servidores Maria Ane e Jaime Carvalho, que interpretou a música É Preciso Saber Viver. A abertura oficial foi realizada pela presidente do CMASPA, Dulciene. “Gostaria de demonstrar minha alegria em estar aqui nessa conferência que é de suma importância para o bom andamento da gestão pública. Que esta iniciativa traga muitas melhorias para nossa cidade”, disse ela, declarando aberta a conferência.

A vice-prefeita Juliana representou o Poder Público Municipal e destacou a importância desse momento para o Município. “As conferências nos dão a oportunidade para discutir e que possamos ser ouvidos, pois nós que estamos na ponta sabemos das nossas necessidades. O que temos até hoje foram conquistas obtidas através de encontros como este, então que hoje possamos aproveitar essa oportunidade e colocar realmente o que nós precisamos”, disse.

A secretária Rosana Farias deu as boas-vindas ao público e reforçou que a assistência é um direito de todos. “Esse espaço é fundamental para que possamos evoluir nas nossas necessidades. Que possamos ter uma ótima conferência. Estamos sempre à disposição para trabalhar pela comunidade e para tirar as dúvidas de toda a população”.

Conferência

O tema principal foi Assistência Social: Direito do Povo e Dever do Estado, com Financiamento Público para Enfrentar as Desigualdades e Proteção, com objetivo de fortalecer e reafirmar a Assistência Social como política pública garantidora de direitos, bem como dar segmento a seu centro de atuação, que são os usuários.

Após a leitura do Regimento Interno realizado pela conselheira municipal de Assistência Social, Deusiram Vieira, ocorreu uma explanação sobre políticas públicas, realizada pela assistente social Claudiane Noleto.

Após um lanche servido a todos, os grupos de trabalho foram divididos para debater os cinco eixos propostos. Após a plenária com a aprovação das propostas, ocorreu ainda a votação para eleição dos delegados que irão representar o Município na Conferência Estadual de Assistência Social. Foram escolhidos Marcelina Reis Pires e o suplente Anderlan Ramos (representantes da sociedade civil), além de Deusiram Vieira Tavares e a suplente Patrícia Ribeiro de Sousa (representantes governamentais).

Compartilhe no:



Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *