Tocantins - 22/05/2024 - 08:40

Folha do Jalapão

RIO SONO: Pesquisa aponta Valdéia Martins na liderança, com 75,1% das intenções de voto

Postado em 07/05/2024

Os números obtidos pelo Instituto Skala apontam a liderança positiva de Valdéia em todos os cenários

Na disputa à prefeitura de Rio Sono deste ano, a pré-candidata Valdéia Martins lidera nos cenários testados na pesquisa do Instituto Skala, divulgada nesta segunda-feira, 6. Com o registro no TRE-TO sob o número 06750/2024, a pretensa candidata tem 75,1% de intenções de voto na estimulada, no cenário que tem também como pré-candidato, Jailson Cursino, que tem 7,5%. Já os que não sabem responder somam 6,9% e não votariam em nenhum, 10,5%.

A pesquisa tem nível de confiança de 95%, com margem de erro de 3,5% para mais ou menos. A coleta ocorreu no dia 29 de abril.

Confira os demais números:

Os entrevistados também responderam as perguntas relacionadas a outros cenários. Um deles traria como opções o nome de Valdéia, com 68,2%, e do pré-candidato Marcos Gama, com 26,6%. Os que não sabem responder são 5,2%.

Em um cenário com os três nomes, Valdéia também lidera, com 64,2%. Já Marcos Gama tem 25,8% das intenções, e, Jailson Cursino tem 1,2%. Os que não sabem são 8,2%, e, os que optaram por nenhum, 0,6%.

Já na pesquisa espontânea, os números apontam que 31,2% dos entrevistados responderam que votariam em Valdéia, seguindo do pré-candidato Marcos Gama, com 7,0%.

Já em relação à indicação do atual gestor do município, 63,6% votariam no nome indicado pelo prefeito Itair Martins. 8,7% poderiam votar, 26,6% não votariam, e, 1,1% não souberam responder.

Rejeição

Quando perguntados sobre em quem não votariam, o nome com maior rejeição foi de Jailson Cursino, com 38,2%, seguido de Marcos Gama e Valdéia Martins, ambos com 8,7%. Os que não rejeitam nenhum somam 41% e os que não opinaram, 3,4%.

Aprovação

A pesquisa também traz os índices de aprovação da gestão municipal . Em Rio Sono, a administração do prefeito Itair Martins tem 84,4% de aprovação, e apenas 10,4% de reprovação. 5,2% não souberam responder. (Fonte DiárioGospel)

Compartilhe no:

Relacionados