Tocantins - 17/06/2021 - 02:45

SANTA TEREZA: Moradores da Barra do Aroeira iniciam colheita de arroz na lavoura comunitária

Postado em 07/04/2021

Compartilhe no:

Fotos: Lucas Feitosa/Ascom

Os agricultores do Povoado Barra do Aroeira iniciaram a colheita de arroz na roça comunitária da Comunidade, garantindo o consumo do grão para 25 famílias da localidade. O prefeito Antônio Campos acompanhou o início oficial da colheita nesta terça, 6.

O arroz é o alimento mais tradicional do brasileiro, e base do prato do tocantinense, garantindo força e energia aos trabalhadores. No Município de Santa Tereza, a comunidade quilombola Barra do Aroeira realiza anualmente o tradicional plantio e colheita do grão na lavoura comunitária.

Neste ano, a colheita teve início nesta terça-feira, 6, após o plantio realizado com o apoio da Prefeitura Municipal. A Secretaria Municipal de Agricultura realizou os trabalhos de preparo do terreno com o maquinário da Gestão Municipal, e incentiva o plantio com a doação de adubos e insumos. O plantio foi realizado no terreno comunitário que foi dividido entre as próprias famílias.

O prefeito Antônio Campos acompanhou o início oficial da colheita, e reiterou que em sua gestão, o homem do campo sempre poderá trabalhar com o apoio da Prefeitura, oferecendo novas oportunidades para os trabalhadores rurais e estimulando a produção de arroz.

“Quem produz o nosso alimento é quem trabalha na roça, tudo que consumimos vem daqui, e em nosso Município os moradores da zona rural recebem todo nosso apoio, desde o plantio até a colheita, e também com a manutenção das estradas vicinais, que garantem o bom tráfego. Vamos seguir com este trabalho que é importante para nossa Comunidade”, ressaltou.

Com a colheita o consumo dos grãos está garantido para 25 famílias da Comunidade da Barra. O secretário Municipal de Agricultura, João Leite, reforçou que no próximo plantio a Prefeitura irá apoiar ainda mais os produtores. “Pretendemos alavancar a produção e ajudar os agricultores, com o nivelamento do terreno, para facilitar o trabalho deles. Mas estamos de prontidão para a atender a todos neste projeto tão bonito desta comunidade”, disse.

Conforme explicou o secretário João Leite, o terreno utilizado para o plantio é de cerca de oito hectares. A expectativa é que nesta safra sejam colhidas 400 sacas do grão. A colheita deve se estender pelos próximos 20 dias com o trabalho dos agricultores locais.

Compartilhe no:

Relacionados