Tocantins - 15/06/2021 - 20:10

SÃO FÉLIX: O lado podre de quem quer ganhar a eleição a qualquer custo

Postado em 08/10/2020

Compartilhe no:

O que deveria ser um debate democrático se tornou um festival de baixarias em São Félix, onde pessoas usam as redes sociais para espalhar a baixaria. Infelizmente, as campanhas eleitorais estão longe de uma disputa ética no Jalapão

A disputa eleitoral pela prefeitura de São Félix do Jalapão ganhou mais um capítulo: sobrou baixaria e faltou respeito.


Não se ganha uma Prefeitura de qualquer maneira, com ‘o cara ou coroa’. Eleição nenhuma está no papo, para tal atitude por parte de uma pessoa que se acovardou por trás de grupos de Whatzapp e invadiu a vida particular do candidato a vice-prefeito da Coligação “Unidos pela Mudança”, da qual fazem parte o MDB e o Avante.

No Município a população está abismada com os últimos acontecimentos narrados em redes sociais e nos grupos políticos “Galera Vip” e “Jalapão News”, na noite do dia 7 de outubro. Esses grupos deveriam ser utilizados para o bem e para debates sadios.

Gercimar Xavier e outras pessoas da comunidade foram alvos de ataques, com um documento elaborado e que contém ofensas, acusações, fotos de cunho pessoal e íntimas. Tal divulgação é crime e a justiça já foi acionada pelas vítimas.

Famílias, crianças e jovens se encontram chocados com a divulgação, que atinge a moral e a honra de todos, e principalmente demonstra o baixo nível de quem divulgou.

A coligação Unidos pela Mudança já acionou sua assessoria jurídica, que mantém junto a Policia Civil e o Ministério Público pedido de investigação do fato.

Os grupos políticos estão investindo numa guerra de desconstrução de imagens dos seus adversários. As redes sociais tornaram-se meramente espaços para agressões, exposições de mágoas. Não faltam “memes” agressivos, vídeos acusatórios e fake news. É uma tristeza!


O candidato da Coligação “Unidos pela Mudança”, Carlão Irael lamenta o fato e afirma que política não se faz com invasão. “Repudiamos essa atitude. Lamentamos que em nosso Município ainda existem pessoas que agem desta maneira. Tudo que fizeram para nos denegrir, servirá para que a população realmente repense se vale a pena fazer política desta maneira. Nossa campanha seguirá sendo conduzida com respeito ao cidadã jalapoeiro”, afirmou Carlão.

Em São Félix, assim como em Aparecida do Rio Negro e outras cidades do Jalapão, já chegou ao extremo limite a baixaria nas redes sociais.

O eleitor está cansado deste tipo de ato altamente repugnante. Este tipo de prática não traz em si qualquer credibilidade e assim, não angaria e nem tampouco afasta votos de quem se quer confiar no pleito.

Repúdio


O candidato a prefeito pelo PTB, Gilvan Ribeiro, já emitiu nota de repúdio contra o ato e afirma que, “antes de sermos candidatos, somos cidadãos comuns”, e se solidariza com as famílias agredidas.

O Jornal Folha do Jalapão repudia tais atos e todo e qualquer meio que seja utilizado para atacar a imagem de candidatos. Espanta o retrocesso das pessoas que acreditam que tais meios podem ser utilizados para vencer campanhas, já que são atos criminosos e covardes.

Criar e divulgar fake news são crimes


Os atos relacionados à criação, à divulgação e à disseminação de informações falsas podem ser enquadrados em pelo menos oito artigos do Código Penal e um do Código Eleitoral, com penas que vão desde a aplicação de multas até a prisão e a perda de direitos políticos. (Wenina Miranda)

Compartilhe no:

Relacionados