Tocantins - 24/06/2024 - 12:16

Folha do Jalapão

Sebrae lança roteiro turístico Artesanal e dos Saberes Autênticos em Ponte Alta

Postado em 18/11/2023

Evento, que ocorreu nesta semana, tem como foco desvendar riquezas culturais e turísticas do município.

O Sebrae Tocantins realizou nesta semana, em Ponte Alta do Tocantins, município localizado a 148 km de Palmas, o lançamento do roteiro turístico Artesanal e dos Saberes Autênticos. A iniciativa tem o objetivo de desvendar riquezas culturais e turísticas da região, que é conhecida como o Portal do Jalapão.

Durante o evento, o Sebrae realizou a testagem do roteiro e os visitantes embarcaram em uma jornada pelos encantos artesanais e tradições autênticas do local. A programação contou ainda com apresentações culturais, oficinas, rodas de conversa e visita a atrativos turísticos, artesãos locais e líderes comunitários.

De acordo com a analista do Sebrae Celina Soares, a construção do roteiro ocorreu em parceria com a comunidade e a agente de roteiro turístico do Sebrae, Cláudia Roberta, que trabalha a economia criativa no município.

“o evento não é apenas uma viagem pelas paisagens de Ponte Alta, mas uma imersão nas habilidades artesanais que passam de geração em geração. Desde a visita à Vereda de Capim Dourado até as pitorescas bancas do Mercado Municipal, cada parada revela a riqueza cultural do nosso povo”, destaca Celina.

O evento ocorre no mês de aniversário da cidade de Ponte Alta do Tocantins, quando o município celebra 65 anos de história. Esta é uma das ações do projeto Agente de Roteiro Turístico (ART), que possui ainda diversas vertentes de atuação.

Economia Criativa

A Economia Criativa redefine as fronteiras entre cultura, arte e empreendedorismo. Nesta jornada, o Sebrae explora esse modelo de economia e revela a força transformadora dos pequenos negócios que trabalham com essas nuances. “É um ecossistema dinâmico que abrange setores como design, publicidade, moda, cinema, música, tecnologia da informação, entre outros. Mais do que simplesmente gerar riqueza, ela é um catalisador de inovação, fomentando a expressão individual e coletiva da sociedade”, reforça Celina.

Compartilhe no:

Relacionados