Secretaria do Meio Ambiente e parceiros realizam doação de 3,5 mil mudas e 3 mil sementes


Ação doou espécies nativas do Cerrado e sementes variadas

Em referência ao Dia Mundial da Árvore, celebrado dia 21 de setembro, a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), em parceria com o Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins), por meio do projeto Restaura – TO e Instituto Perene, Capitania Fluvial Araguaia – Tocantins e Consórcio Estreito de Energia (Ceste), realizaram nesta terça-feira, 21, a doação de 3,5 mil mudas nativas do Cerrado e 3 mil sementes de espécies variadas.

No evento estiveram presentes a titular da Semarh, Miyuki Hyashida, o subcomandante do Batalhão de Polícia Militar Ambiental, Francisco Braga, o ajudante da Capitania Fluvial Araguaia-Tocantins, capitão de Corveta, Marcelo Barrios Lúcio e o vice-presidente do Ruraltins, José Aníbal.

A ação tem como objetivo fomentar a produção de sementes e mudas florestais nativas e incentivar o reflorestamento, estimulando a comunidade a plantar árvores nativas do Cerrado em calçadas, quintais e, assim, contribuindo na ampliação da vegetação da cidade.

“Entre os benefícios, as árvores são responsáveis por regular a temperatura, servem de abrigo e produzem alimentos para diversos seres vivos, absorvem ruídos, reduzem a circulação do vento, controlam a erosão do solo, renovam o oxigênio do ar e filtram as partículas sólidas em suspensão, provenientes de agentes poluidores”, afirmou Miyuki Hyashida, ressaltando que “esta é apenas uma ação simbólica para incentivar o reflorestamento utilizando nossas árvores nativas”.

A costureira Noemi Cardoso da Silva, moradora do Jardim Aureny I, levou para casa várias mudas para serem plantadas no seu quintal e ressaltou que as árvores só trazem benefícios. “Árvore é vida, traz beleza para o ambiente e serve para amenizar o calor de Palmas. Elas vão arborizar o quintal da minha casa e promover bem-estar, além de outras vantagens”, explicou.

Foram doadas mudas de diferentes espécies, a exemplo de: Sombreiro; Ineá de Macaco; Mutamba; Ingarana; Capa Bode; Jucá; Gonçalo Alves; Pata de Vaca; Caroba; Chuveiro; Açaí; Angico Preto; Ipê Caraíba; Ipê Branco; Ipê Roxo; Jatobá; Bacaba; Fedegoso Preto; Aroeira; Axixá; Sabonete; Pau de Rato; Sabiá; Ipê Amarelo; Mirindiba; Gameleira; Cachimbeiro e Chita Fina.

Compartilhe no:



Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *