Tocantins - 19/06/2021 - 23:54

SUZANO LINO: “A família maior é Aparecida, é para ela que nós estamos preparados para governar”

Postado em 26/11/2020

Compartilhe no:

Após doze anos, o prefeito eleito Suzano Lino (MDB), voltará a assumir o Poder Executivo de Aparecida do Rio Negro. Já em processo de transição, o futuro gestor aponta seus principais desafios e planos para o Município em entrevista ao Folha do Jalapão.

A pacata Cidade de Aparecida do Rio Negro terá como prefeito, a partir de 1º de janeiro de 2021, Suzano Lino Marques, e Assis Coutinho como vice. O prefeito que já governou a Cidade entre 2005 e 2008 tem muitos planos para o Município. Dentre os compromissos feitos na Campanha se destacam a melhoria nos atendimentos da saúde, e mais habitação. O Município conta com a população estimada de 4.848 habitantes. A Cidade hoje é canteiro de obras, com execuções de projetos importantes da atual gestão.

Saúde, habitação e Educação serão as três prioridades do novo prefeito de Aparecida do Rio Negro. Suzano Lino teve 53,80% dos votos e vai substituir o atual prefeito, Deusimar Amorim. O trabalho de transição entre governos já está acontecendo desde terça-feira, 24.  

Após uma campanha com destaque para eventos com participação ativa da população, Suzano Lino inicia o processo de transição, com desejo de muito trabalho, e de cumprir com os compromissos feitos com a população. Sempre com apoio e tendo como base a família, Suzano já conta com parte da equipe de secretariado.

ENTREVISTA

Folha: Qual avaliação o senhor faz de sua campanha?

SUZANO LINO: Foi uma campanha bem-feita, da nossa maneira, com muita união. A gente trabalhou a idéia de quem já tinha sido prefeito de Aparecida, e a chegada de Assis como vice, deu muito certo. No fim, prevaleceu a vontade do povo, que abraçou a nossa campanha. Em momento nenhum a gente teve dúvida da vitória nessa disputa pela Prefeitura de Aparecida.

Folha: O senhor afirmou durante a campanha que a Saúde seria a sua prioridade. O que de fato será feito a partir de 1º de janeiro para a Saúde?

SUZANO LINO: A prioridade número 1 da gestão é a saúde, e dentro da saúde a prioridade também número 1 é o médico 24 horas. Nós já estamos em conversação com os médicos para fazer essa contratação, e fiquei tranqüilo com relação à palavra do prefeito Deusimar na reunião que tivemos, de que há recurso disponível para contratação desse profissional, e mesmo que não houvesse a Prefeitura iria fazer cortes financeiros para que esse médico viesse. A atual gestão está trabalhando a parte estrutural, mas o principal é disponibilizar o médico, medicamentos da farmácia básica para que a população tenha acesso. Nosso primeiro ato, depois de tomar posse, é assinar o contrato do médico.

Folha: Além da saúde, o que será prioridade na gestão do senhor?

SUZANO LINO: Outra demanda que a gente viu que é uma necessidade é a questão da habitação. Eu estive já conversando com os deputados Carlos Gaguim, Vicentinho Júnior, e nós vamos também priorizar a construção de moradias, porque hoje a gente vê que essa demanda é muito grande e que há muitas pessoas necessitando. Tem muitas obras do prefeito Deusimar em andamento e queremos também dar continuidade a esse trabalho, fazendo as obras que estão iniciadas, concluindo se necessário e também utilizando os convênios que ele está deixando. A educação precisa de alguns ajustes, a gente quer dar continuidade, inovar aumentando o transporte escolar dos universitários, criando a rota de transporte interna dentro do Município, revendo a questão do plano de cargos de salários. Realmente saúde, habitação e educação serão o tripé da nossa gestão.

Folha: Como será substituir um Prefeito que tem alta popularidade?

SUZANO LINO: É um desafio, e eu gosto de desafio. Tanto é que 12 anos depois a gente volta a ser Prefeito de Aparecida, também com base na popularidade que deixamos quando saímos do governo, nós tínhamos 79% de aprovação, embora não fomos reeleitos, mas tinha essa aprovação, e isso nos trouxe de volta à Prefeitura. É uma missão difícil, mas o nosso compromisso, tanto meu, quanto do vice-prefeito Assis e de quem vai nos ajudar, é que a gente quer superar também a gestão do Deusimar, porque assim quem sai ganhando com isso é o povo de Aparecida.

Folha: Quanto ao Secretariado, o senhor já pode anunciar alguns nomes ou o senhor fará isso apenas no dia da posse?

SUZANO LINO: Alguns nomes sim, como a secretária de Assistência Social que será a primeira dama Luizinha. A gente vai manter o secretário Mário Veloso, como secretário de obras. A princípio tem essas duas secretarias já estão definidas. Os outros anunciaremos em breve, já estamos com o quadro mais ou menos pronto, mas ainda faltam definir algumas coisas. Estamos tentando valorizar quem abraçou a nossa luta, aqueles que vieram para rua e defenderam a nossa bandeira e tem o perfil para ser secretário. A começar pelos vereadores que não foram eleitos, a gente pretende dar apoio a eles, com alguns assumindo secretarias. A bancada de seis vereadores do nosso lado também nos tranquiliza. Quero valorizar todos que vestiram a camisa com a gente.

Folha: No palanque o senhor pregou muito a mudança. Como será o novo prefeito de Suzano?

SUZANO LINO: Volto mais maduro, mais experiente, mais pé no chão. Estou preparado para ser o prefeito de Aparecida.  Eu pregava a mudança na campanha e também perguntava para a comunidade quais foram os meus defeitos durante a minha gestão. Os erros que foram apontados serão corrigidos. Eu estou construindo com o povo a melhor forma de mudar isso. A gente quer dividir o nosso tempo entre atender o público, visitar obras e o próprio público na cidade, captar recursos fora, então talvez a gente fique um terço do nosso tempo na Prefeitura. Estou inclusive mantendo grande parte da assessoria do Deusimar, a jurídica, contábil, controle interno, até para eu ter tranquilidade durante a minha gestão, quero ter mais tempo de estar vendo as demandas e tentando levar a solução. Quero ser um prefeito mais perto do povo. Ser um prefeito melhor, corrigindo esses erros, mas também mantendo as qualidades que tínhamos, que nos trouxe de volta à Prefeitura de Aparecida.

Folha: Quais são os novos projetos que o senhor planeja trazer para Aparecida?

SUZANO LINO: Um dos projetos que a gente sonha para Aparecida é exatamente a execução daquilo que já está em andamento. Tem o projeto de conclusão das praças que está sendo feito. Eu tenho a idéia de fazer o máximo de asfalto em Aparecida, concluir o que está em andamento, e captar recurso para isso também. Tenho a intenção de crescer a cidade, até chegar à margem da BR-010, temos que tirar proveito dessa rodovia importante. Vamos dar continuidade à canalização da grota da Leozina que corta o centro, até por uma questão de embelezamento da cidade também, questão de saúde pública. Vamos trabalhar a construção de uma praça esportiva nos arredores do clube, com revitalização 100% do clube Recreativo, com implantação da academia ao ar livre, quadra de vôlei. Precisamos dar vida àquele cantinho da cidade. Aproveitando a margem do rio Negro ali, fazer uma prainha pro mês de julho. Trazer, também as moradias populares. Queremos que Aparecida tenha um tratamento melhor na saúde, ter esse calor humano mais perto do povo. Dar muito apoio à juventude que abraçou a nossa causa, escolhendo o Secretário da Juventude que traga as demanda deles, que a gente trabalhe nesse sentido, de aprimorar a prática esportiva, aprimorar também os cursos profissionalizantes para que o jovem possa estar buscando o seu emprego, talvez trabalhar o estágio na Prefeitura, para que os o jovem tenham a condição de buscar o mercado de trabalho. Queremos construir junto com o povo de Aparecida esses projetos para o futuro, e outra coisa que não se pode esquecer é do agronegócio. Aparecida hoje anda com as próprias pernas e o maior empregador é o agronegócio. Então o gestor tem que ter essa visão de que o agro é importante.

Folha: Quando o senhor teve o conhecimento do resultado da eleição, como foi aquele momento para o senhor?

SUZANO LINO: Chorei, mas um choro bom, choro de alegria. Eu nunca tive dúvida da vitória, porque tudo dava certo, mas o dia 15 foi um dia diferente, foi um dia em que eu apenas pude votar, não pude ficar ali no ambiente da eleição. E olha como Deus é bom, acho que das treze sessões, se eu não me engano, nós perdemos apenas em uma. Era a sensação do dever cumprido de que o nosso projeto tinha dado certo, que a gente tinha conseguido, uma eleição suada, difícil, e que isso aumentava muito a nossa responsabilidade. Veio aquela sensação de alívio, de dever cumprido, mas sabendo que a gente estava ali terminando uma eleição, mas começando um projeto para mais quatro anos de progresso e por Aparecida. Foi um momento de gratidão mesmo a Deus.

Folha: O senhor pregou muito a importância da família. Qual papel a família terá em sua gestão?

SUZANO LINO: A família é a base em tudo, e na gestão não será diferente. Eu já tiro pela própria campanha, onde contei com meu filho me ajudando, fazendo aquilo que eu talvez não tivesse condições de fazer. A minha esposa foi um braço direito, ela já participou de várias campanhas, mas nessa ela se desdobrou mais ainda. A família de sangue também, o pai, os irmãos que também, família grande, a família da minha esposa que é muito política também, que gosta da militância, veio e abraçou a causa. A família do nosso vice, uma família grande também que nos apoiou e tantas outras famílias que vieram abraçar nossa causa. E por fim a gente sabe que a família maior é Aparecida, é para essa que nós estamos preparados para governar, a gente também quer dar esse apoio à família de Aparecida, ao conjunto familiar para que as pessoas possam ter melhor convivência, seguir o caminho da igreja, o caminho das práticas esportivas, porque se a família vai bem, a sociedade vai bem também. Então, isso realmente vai ser trabalhado sim e qualquer gestor que se preze tem que ter a família como base em tudo, em nossa gestão, não será diferente, é para a Família Aparecida, que vamos governar.

Folha: Qual a mensagem que o senhor deixa para o povo de Aparecida do Rio Negro?

SUZANO LINO: Uma mensagem de otimismo, de alegria, de gratidão, de dever cumprido nessa campanha. Agora estamos na fase de transição e eu só tenho uma forma de pagar tudo que eu recebi, desde o mais humilde às pessoas que colaboraram financeiramente com nossa campanha, além do voto, eu só tenho uma forma de retribuir que é trabalhando muito durante esses quatro anos. Estou no melhor momento de ser prefeito, me preparei para isso e vou me doar o máximo. Vou me desdobrar, eu a minha família, com meus assessores vou cobrar isso também para que a gente honre cada voto que nós recebemos e que a gente possa também ter admiração até daquele que não votou na gente. Vamos pegar uma cidade hoje boa para se trabalhar, o prefeito Deusimar é um excelente prefeito, tanto é que foi reeleito, mas assim, vendo de perto agora, a gente vê que ele foi bom de verdade, a cidade está bem cuidada, e nós vamos dar continuidade nesse trabalho, mas vamos também fazer inovações e vai ficar marcado na história de Aparecida, e eu quero realmente poder agradecer tudo que recebi na campanha, trabalhando pelo povo.

ASSIS COUTINHO: Como vice-prefeito eleito, quero primeiro agradecer a cada eleitor que confiou e acreditou na nossa campanha. Podem ter certeza que Assis e Suzano vai trabalhar para o povo. Nossa união deu muito certo na campanha, e temos o compromisso de pagar cada voto com responsabilidade, zelo pelo bem público, aplicar tudo da melhora maneira. Agradecemos a deus e a cada voto de confiança, cada apoio. Tudo culminou para hoje pudéssemos comemorar e traçar o melhor caminho para Aparecida do Rio Negro, e vamos fazer isso juntos, com união, com força de vontade e com a nossa experiência no setor público, e com as pessoas da nossa Cidade.  

Compartilhe no:

Relacionados