Tocantins - 24/06/2024 - 14:42

Folha do Jalapão

Tocantins tem menor déficit habitacional do Norte do Brasil, de 44,7 mil domicílios

Postado em 20/05/2024

O Tocantins tinha em 2022 um déficit habitacional de 44.730 domicílios, 8,2% do total de habitações ocupadas no Estado. O dado é de pesquisa da Fundação João Pinheiro (FJP), responsável pelo cálculo desse déficit do Brasil, em parceria com a Secretaria Nacional de Habitação do Ministério das Cidades. No País, o déficit totalizou 6.215.313 de domicílios, o que representa 8,3% do total de habitações ocupadas. Em termos absolutos, na comparação com 2019 (5.964.993), houve um aumento de cerca de 4,2% no total do déficit no Brasil, porém, o total relativo, ou seja, o percentual da carência de unidades em relação ao total de domicílios particulares ocupados no país, permaneceu praticamente estável em relação a 2019 (8,4%). A pesquisa foi divulgada em 24 de abril.

TO TEM MENOR DÉFICIT DO NORTE

Da região Norte, o Tocantins registrou o menor déficit relativo. A média regional é muito maior do que do Estado, de 13,2%, com 18% no Amapá, 17,2% em Roraima, 14,5% no Amazonas, 13,2% no Pará, 13% em Rondônia e 10% no Acre.

DÉFICIT MUITO MAIOR NO NORTE

O déficit habitacional da região Norte é a maior do Brasil, com 13,2%. Do Nordeste é de 8,9%; sudeste, 7,5%; Sul, 6,6%; e Centro-Oeste, 8,5%.

DÉFICIT URBANO E RURAL

Do déficit habitacional de 44.730 domicílios do Tocantins, 36.997 se referem ao setor urbano e 7.733 à zona rural.

Fonte: Portal CT

Compartilhe no:

Relacionados