Tocantins - 20/06/2021 - 01:04

Tradição que se perpetua: Prefeito Suzano recebe Foliões do Divino Espírito Santo

Postado em 21/05/2021

Compartilhe no:

Na semana que antecede a festa de devoção do Divino Espírito Santo, o prefeito Suzano Marques abriu as portas da Prefeitura Municipal para uma visita especial, e recebeu em seu gabinete foliões tradicionais do Município de Aparecida do Rio Negro.

Uma tradição, que junta cultura popular com um único propósito que é homenagear o Divino Espírito Santo. Assim se resume a Festa da Folia do Divino, que é uma comemoração popular, das mais antigas e difundidas tradições do catolicismo. A origem dos festejos está ligada a data do Pentecostes, celebrado 50 dias depois da Páscoa, quando segundo a tradição católica, o Espírito Santo teria descido sobre os apóstolos, que passaram a pregar as palavras de Jesus.

Em Aparecida do Rio Negro, assim como em outras cidades, os foliões andam de casa em casa, passando a Bandeira do Divino, abençoando os lares e as pessoas por onde passam. Para celebrar esta tradição, o prefeito Suzano Marques abriu as portas da Prefeitura Municipal, para receber os foliões do Município nesta sexta-feira, 21.

Em seu primeiro mandato, o gestor também havia levado a Folia até à Prefeitura. O prefeito fez questão de convidar o pai, seu Chiquinho Lino, para participar do momento.  “Sou filho de folião, meu pai tem 98 anos e fiz questão de trazer ele aqui para receber a bandeira do Divino. Isso é uma tradição religiosa, é crença, é cultura e isso não pode morrer, e estou muito feliz por esse momento aqui, e a gente poder fazer parte dessa história é muito bom”, disse o prefeito.

Os foliões foram recebidos por todos os servidores da Prefeitura, além de parte dos vereadores da Cidade. Com os cânticos próprios da devoção e com os tambores, sanfona, violino e pandeiro, eles fizeram as rezas e cantaram os benditos logo na entrada da Prefeitura. Já no gabinete, o prefeito parabenizou a família do senhor Luís Ribeiro (in memorian), que é responsável pelo grupo.

“Quero parabenizar vocês, e nós estamos aqui hoje nesse gabinete, mas a casa aqui é de vocês. Se depender do prefeito Suzano, a gente vai lutar para que essa tradição continue, porque isso é história. Conheci meu pai percorrendo fazendas e fazendas, cantando com prazer, fazendo essa festa que realmente marca para muitos, tem pessoas que às vezes nem acreditam, mas eu acredito em Deus e essa é uma forma de expressar a fé em Deus. Nós somos parceiros desde o padres ao pastor ao espírita, As festas tradicionais católicas devem permanecer para o bem, para a cultura e para a história do nosso povo. Um povo que não tem história, não tem passado, não tem raiz”, enfatizou o gestor.

“Eu tenho certeza que a partir de agora, o gabinete fica mais abençoado, pois aqui a gente toma muitas decisões que acompanham o povo de Aparecida, eu tenho certeza que saímos daqui com a alma mais leve também. Belíssima apresentação de vocês. Que Deus possa abençoar cada um de vocês”, disse o prefeito Suzano.

Folia

Os foliões, em trajes e com instrumentos, lutam para que esta tradição sobreviva, passando os costumes de geração em geração. Antigamente, para a realização da festa era preciso arrecadar donativos. Esse papel era feito pelos foliões que percorriam fazendas recolhendo doações e esmolas para os preparativos do banquete. Os foliões alegravam a população com dança e música em troca de esmolas. Por isso a tradição de cantar.

Na entrada da prefeitura, o prefeito Suzano e diversos servidores passaram debaixo da Bandeira para serem abençoados, conforme a tradição. Presente no evento, o professor Paulinho também destacou a importância da tradição. “Que não deixe essa tradição acabar, que vocês aprendam, busquem recurso para repassar isso para os seus filhos. A todos vocês, que Deus abençoe, muito sucesso e continue carregando esta coisa de Deus”, disse ele, que convidou a todos para a oração do Pai-Nosso.

Ao final, os foliões participaram de um lanche servido pela Prefeitura. Prefeito vereadores e servidores realizaram as doações, de acordo com a tradição, à Bandeira do Divido.

Manoel Luís Ribeiro é o Imperador do Grupo de Foliões, e herdou a tradição do pai. “Fazemos as folias todos os anos, desde o ano de 1970, e ser recebido pelo prefeito é uma coisa que me chamou muita atenção, que poucos prefeitos tem essa tradição. Então foi muito bom, e estou muito feliz que o Suzano fez esse convite para vir até aqui na casa do povo. Ele representa o povo de Aparecida. Então, ele está de parabéns, trazer uma tradição que desde os anos 70 tem aqui no município. Isso vem de pai para filho, meu pai faleceu, tem um ano, e esse ano a gente está tirando a divindade a pedido dele, que era no ano seguinte, e estamos pensando em dar sequência”, concluiu.

Compartilhe no:

Relacionados