Tocantins - 20/06/2021 - 01:15

Vacinação para gestantes e pessoas com comorbidades é iniciada em Lagoa do TO

Postado em 07/05/2021

Compartilhe no:

O Município recebeu o total de 175 doses destinada para gestantes e mães que estão amamentando, e, pessoas com comorbidades de 55 a 59 anos. A vacinação está acontecendo na Unidade Básica de Saúde. A equipe de saúde continua realizando também a vacinação contra o coronavírus e influenza no público da zona rural.

A última remessa de doses de vacinas contra o novo coronavírus nesta semana chega para atende um novo público em Lagoa do Tocantins: gestantes e mães que estão amamentando acima de 18 anos e, pessoas de 55 a 59 anos com comorbidades. A Secretaria Municipal de Saúde recebeu o total de 175 doses destinadas para este público.

A vacinação já acontece nesta sexta-feira, 7, na Unidade Básica de Saúde do Município, como explica o coordenador de Atenção Básica, Marques Alves. “A nossa expectativa começa a melhorar com a chegada da vacina para este novo público, que também é da área de risco”, comenta.

Conforme as determinações do Ministério da Saúde, são inclusas nas doenças como comorbidades: doenças cardiovasculares, insuficiência cardíaca, hipertensão pulmonar, cardiopatia hipertensiva, síndromes coronárias, arritmia cardíaca, diabetes, hipertensão arterial, doença renal crônica, HIV, anemia, obesidade, doença respiratória crônica, transplantados, dentre outras.

Zona rural

A campanha de vacinação no Município conta também com o esforço da equipe de saúde para chegar a todos que pertencem ao público estimado pelo Ministério da Saúde. Os moradores da zona rural recebem a visita da equipe para ter acesso à tão sonhada vacina contra o coronavirus, que possibilita um sopro de esperança para quem vive o distanciamento social.

O Município continua fazendo busca ativa na zona rural, que é a abordagem nas residências dos moradores. A vacinação contra o coronavírus acontece na faixa etária acima de 60 anos. Conforme explicou o coordenador de atenção básica, Marques Alves, a vacina aplicada é a coronavac, remanescente da 14ª remessa.

“Realizamos esta busca com o intuito de chegar até as pessoas que estão no isolamento, que não tem acesso à comunicação ágil e por isso muitas vezes não sabem da campanha no Município. Esta é uma forma de agilizar a vacina e chegar a quem está no público prioritário”, disse o coordenador.

Até a última remessa o Município recebeu o total de 711 doses. Já foram aplicados o total de 647 doses, sendo 412 para primeira dose, e 235 para a segunda aplicação.

Além da vacinação contra a covid, o Município continua a campanha contra a influenza, que nesta etapa é direcionada às crianças, gestantes e puérperas. A vacinação deste público também acontece na zona rural e urbana.

Compartilhe no:

Relacionados