Tocantins - 27/10/2020 - 09:42

Vereadora Thaline anuncia pré-candidatura à prefeitura de Lizarda

Postado em 24/01/2020

Compartilhe no:

Integrando diálogo com lideranças e segmentos da sociedade, a vereadora Thaline Oliveira busca oferecer uma alternativa de renovação para a disputa eleitoral de 2020 na corrida pela cadeira mais importante e almejada do Município.

O cenário político de Lizarda começa a tomar definições importantes e as peças já estão sendo movimentadas no tabuleiro do Administrativo local. Dentre os nomes que pleiteiam uma possível indicação ao Executivo Municipal da Cidade, um em especial se destaca: vereadora Thaline (PTB). A enfermeira de 32 anos, que está em seu segundo mandato de vereadora, esteve quatro anos na Presidência da Câmara, afirma ser pré-candidata à prefeita. A parlamentar conta com forças políticas inseridas no contexto da sociedade que tem compromisso efetivo com as causas que afetam toda a comunidade.
Consolidando ações em busca da construção de um plano de governo coeso e com propostas reais de mudança para o Município, a vereadora vem construindo sua pré-candidatura com o apoio de várias lideranças municipais, estaduais e federal. Em entrevista exclusiva ao Jornal Folha do Jalapão, a vereadora afirma que é pré-candidata e aponta algumas propostas de governo.

FOLHA do JALAPÃO – A senhora é pré-candidata à Prefeita de Lizarda?
Thaline: Sim, estou com meu nome à disposição para disputar as eleições em 2020! Não tenho dúvidas que temos grandes chances de obter êxito. Tenho um conhecimento profundo das dificuldades do Município. Por isso, me coloco na condição de pré-candidata a prefeita de Lizarda, com uma composição política partidária que seguramente iremos construir com base em muito diálogo sem em momento algum esquecer dos anseios da comunidade.
Hoje eu acredito que com dois mandatos de vereadora e por quatro anos presidente da Câmara de Vereadores, conheço de perto todas as dificuldades do nosso Município. Sei da situação enfrentada pelo nosso povo. Eu me coloco à disposição da sociedade, para dialogar com opositores, articular com possíveis aliados e apontar propostas concretas visando um futuro melhor para a nossa cidade.

FOLHA do JALAPÃO: Como a senhora pretende formar uma proposta de gestão para Lizarda?
Thaline: Com pessoas que queiram trabalhar muito e deixar o seu legado para uma cidade melhor. Aqui não interessa a posição partidária. O que interessa é que sejam pessoas dedicadas, capacitadas e que gostem de trabalhar para o povo. A única bandeira que pode ser levantada dentro da nossa cidade é a bandeira de Lizarda.

FOLHA do JALAPÃO: Se o seu nome for homologado pela convenção do seu partido (PTB), quais as principais propostas que levará ao eleitor?
Thaline: Hoje nos meus projetos de Governo eu tenho a intenção de estar buscando parcerias, com Governo Estadual e Federal, Câmara de Vereadores, empresários, produtores e sociedade. Estar trazendo mais estradas, saúde, mais recursos para o nosso Município, já que nós temos uma grande dificuldade em relação aos valores recebidos, Fundo de Participação de Municípios baixo, então estar buscando parcerias para estar melhorando projetos do Município de Lizarda.
Eu apresentarei meu plano de Governo em palanque e também em reuniões com a comunidade, para que a sociedade lizardense possa acreditar em nossos projetos.

FOLHA do JALAPÃO: Qual será a principal prioridade da senhora assim que assumir o Governo?
Thaline: Teremos como prioridade realizar investimentos na Saúde e educação e melhorar nossas estradas. O homem do campo precisa ser cuidado, ser ouvido, ser respeitado. A realidade em que vivemos hoje causa aborrecimento, o pequeno e o grande produtor precisam escoar seus produtos e não conseguem.

FOLHA do JALAPÃO: O que leva a senhora a crer que pode vencer as eleições de Lizarda?
Thaline: Para ser aceito por um empregador, como candidato à função, devemos apresentar um currículo com as nossas experiências. Acredito que minha história de serviços prestados como vereadora, enfermeira e o amor ao próximo me levam às razões de colocar meu nome à disposição. Acredito ainda que um gestor tenha que ser honesto e comprometido com o povo, fui gestora da Câmara Municipal por 4 (quatro) anos. Fiz vários investimentos no prédio da instituição e na compra de equipamentos. Finalizei meu mandato com dois veículos em ótimo estado, sendo um destes veículos comprado com recurso próprio.

FOLHA do JALAPÃO: Falar em campanha, a gente sabe que demanda recursos. De onde vão sair os recursos para sua campanha?
Thaline: Para conseguir recursos, assim como na vida pessoal e profissional, precisamos de bons projetos. E para isso buscaremos parcerias com todos os segmentos comprometidos com a sociedade.

FOLHA do JALAPÃO: A senhora ressaltou que uma das prioridades seria a saúde, como funcionária pública da área da saúde, o que será feito de imediato para melhorar a saúde, na sua visão, com o seu conhecimento dessa área?
Thaline: De forma imediata, como enfermeira, como servidora da saúde, por conhecer a dificuldade da nossa cidade e nossa saúde pública, imediatamente nós precisamos trabalhar para a melhoria da nossa Unidade de Saúde.
Além da melhoria física, falo de melhoria de equipamentos, de equipe, de laboratório, um possível aparelho de Raio-X, eletrocardiograma, de uma sala de emergência, algo que possa estar trazendo mais segurança a nossos pacientes, que ele venha a ser transportado de uma forma mais estável, para que não saia hoje do município de Lizarda, para a referência nossa que é Palmas, simplesmente sendo colocado na ambulância e sendo conduzido. O importante hoje é que nosso paciente receba os primeiros atendimentos dentro da Unidade de Saúde, e que ele venha com segurança, com uma saúde estável, para que chegue no local de referência sem ser prejudicado.

FOLHA do JALAPÃO: Na campanha, quem a senhora teria como parceiros?
Thaline: Tenho conversado com lideranças do meu partido nos níveis federal, estadual e municipal e todos têm me incentivado bastante, mesmo porque, a sociedade clama por novas lideranças e consequentemente novas opções. O principal deles é a população, que a tempo vem trazendo meu nome, me sinto muito honrada por isso, vendo a população reconhecer o meu trabalho no Município há oito anos.
Estamos buscando apoio de lideranças, dos próprios colegas vereadores, de gestores anteriores que fizeram um bom trabalho no nosso Município, de pessoas que estejam em um pensamento de união, que possam unir forças. Com a participação de todos os grupos políticos, os atuais e antigos gestores que podem nos trazer muita ajuda no Governo. Vamos fechar uma coligação com apoio não só de políticos, mas de famílias tradicionais e de toda a sociedade do nosso Município.

FOLHA do JALAPÃO: E nas esferas estadual e federal quem são os apoios?
Thaline: Temos apoio do Governo do Estado, da Deputada Federal Professora Dorinha (DEM), do Presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Tocantins e também Presidente do meu partido (PTB) Deputado Toinho Andrade, Deputado Cleiton Cardoso, Deputado Léo Barbosa e Deputado Ivory de Lira entre outros parlamentares. O presidente da União dos Vereadores do Estado do Tocantins, o vereador de Araguaína Terciliano Gomes já demonstrou apoio às nossas propostas.

FOLHA do JALAPÃO: Já existe um nome para seu vice?
Thaline: Ainda estamos dialogando com diversos parceiros nesta caminhada. Temos muitas pessoas que tem nos procurado para se juntar a nós. E isso nos faz entender o quanto a nossa campanha está caminhando bem, o quanto as pessoas estão reconhecendo realmente que hoje nosso grupo é o melhor para Lizarda.

FOLHA do JALAPÃO: Como ajudar o pequeno agricultor e que propostas a senhora tem para o homem do campo?
Thaline: A força da nossa cidade vem do campo. O pequeno agricultor precisa apenas ter condições para trabalhar e ele não conta com estradas de qualidade, eles precisam ter oportunidade de vender seus produtos com dignidade. Minha proposta é real, eu conheço de perto a realidade que eles vivem.
Eu faço sempre visitas, convivo diariamente com eles. Precisamos trazer incentivos. O que a Prefeitura vai fazer é buscar incentivos, por exemplo, máquinas para recuperar as estradas, transporte para a escoação, trator, gradeamento. Nós sabemos que o pequeno agricultor tem certa dificuldade para produzir, porque ele consegue plantar, mas não consegue escoar o que ele planta, por falta de incentivo da atual gestão.
E outro incentivo importante que acho que hoje nós precisamos pensar, é a feira do agricultor, um projeto de extrema importância ao nosso Município, não tem como o agricultor plantar se não tiver onde vender.

FOLHA do JALAPÃO: Quais os planos para mudar a atual situação das estradas que ligam Lizarda a Palmas?
Thaline: Não apenas as estradas que ligam Lizarda a Palmas, temos várias localidades rurais que merecem a mesma tratativa. Além da manutenção constante das estradas, é necessário fazer um levantamento emergencial da situação no Município.
Na estrada de Palmas a Lizarda o grande problema é a falta de manutenção. Nós sabemos que a falta de pavimentação é um problema grande, pois ela é uma rodovia estadual, então temos que apelar ao Governo.
Mas podemos conquistar a parceria e trazer para o município os maquinários. Onde Prefeitura e Estado trabalhem em harmonia. Eu acredito que com essa união, a gente não chegaria ao ponto de ficar isolados, de bloquear o tráfego das nossas estradas, se essas máquinas ficassem no município fazendo manutenções nos trechos, a Prefeitura arcaria com parte das responsabilidades. Uma aliança seria a única forma de solucionar os problemas nas nossas estradas de chão, que não é pequeno o trecho, e com isso iria sim resolver o problema das nossas estradas a sua manutenção correta.

FOLHA do JALAPÃO: Em seu governo haverá um projeto de resgatar a maior festa folclórica do município?
Thaline: A reativação da festa dos Caretas está inclusa em nosso projeto de Governo sim. Há anos o município vem perdendo essa tradição, e eu a vejo como grande importância, faz parte da história cultural da nossa cidade e do Tocantins. Isso não pode acabar, é a nossa cultura. Vamos procurar a Secretaria da Cultura do Estado e dialogar para que essa festa volte para nosso calendário.

FOLHA do JALAPÃO: A senhora acha que a cidade de Lizarda atualmente está carente de políticas públicas voltadas para a juventude e consequentemente para a inclusão social?
Thaline: Sim com certeza! As políticas públicas atuais deveriam ter como objetivo promover o desenvolvimento das várias dimensões da vida dos jovens por meio da criação de ações, projetos e programas que em seus discursos oficiais pretendem garantir o acesso a direitos fundamentais e a cidadania, tais como: saúde, trabalho entre outros. Precisamos de um olhar diferenciado para a nossa juventude.
Vamos implantar programas voltados para juventude, além de incentiva-los e qualifica-los profissionalmente, temos que ter bolsas para os jovens aprendizes. Parcerias com entidades para implantar no município faculdade, SEBRAE, SENAC, os cursos técnicos que venham proporcionar mais estruturas a eles. Eles precisam ter capacitações para entrar em um mercado de trabalho cada dia mais competitivo.

Você que tem amor por Lizarda, venha encarar esta jornada comigo e me ajudar a fazer a diferença de verdade”


FOLHA do JALAPÃO: Qual a sua mensagem para nossos leitores, internautas e para o povo lizardense?
Thaline: Com a permissão de Deus e unida com o povo de Lizarda, buscaremos dias melhores para todos. Eu quero trazer mais dignidade e esperança para os lizardenses, estarei lutando por minha cidade sempre, não serei uma prefeita de um grupo. Serei uma prefeita de todos. Vamos implantar uma política de ações.
E para concluir minha fala queria deixar um recado: você que tem amor por Lizarda, venha encarar esta jornada comigo e me ajudar a fazer a diferença de verdade! Eu sempre digo: a gente sempre quer o que é de melhor para nossa cidade, para nossa casa que é Lizarda.
É uma obrigação nossa como cidadãos e eu quero ter essa honra, esse privilégio, de poder ser a próxima prefeita de Lizarda para poder mostrar que dá para fazer muito mais, que dá para a gente recuperar e resgatar o tempo perdido, de resgatar a nossa força, a nossa autoestima, onde os nossos desafios serão sempre vencidos através da união da nossa gente, nosso povo, que é um povo forte, destemido, e que acredita e que ama essa cidade.

Compartilhe no:

Relacionados