Tocantins - 24/06/2024 - 14:08

Folha do Jalapão

SANTA TEREZA: Vereadores debatem solicitações ao Poder Executivo Municipal durante sessão

Postado em 21/05/2024

Entre os assuntos abordados estiveram a possível demolição do prédio da Prefeitura, segurança dos alunos da Escola Municipal e limpeza da comunidade Barra do Aroeira

Os vereadores de Santa Tereza do Tocantins debateram assuntos pertinentes ao Município durante a sessão ordinária desta segunda-feira, 20. No plenário os trabalhos foram conduzidos pelo presidente Jonas Barreira, e tiveram a participação dos vereadores Carlos de Camilo, João Leite, Jurimar Rodrigues, Severino Cirqueira, Waltherluso de Paula, João Lourenço e Domingos Andrade.

O vereador Jurimar Rodrigues abordou como assunto a necessidade de limpeza na Comunidade Barra do Aroeira. “Quero reforçar o pedido da limpeza da Comunidade, para jogar um cascalho, pois está perto do festejo, e precisa preparar antes”, disse.

O vereador João Leite deu explicações quanto à limpeza da Comunidade Barra do Aroeira. “Nós paramos os serviços da zona rural hoje para concentrar na Barra, que vamos ter inaugurações das pavimentações em bloquetes e vamos iniciar a limpeza”, acrescentou.

O vereador Waltherluso colocou em pauta novamente a demolição do prédio do Paço Municipal. “Continuo com a mesma ideia, não contra a construção de um prédio novo, mas a demolição do prédio velho, que a gente deve conservar, pois tem muita história do nosso povo. Eu deixo a minha indignação e o meu repúdio”, disse o vereador, que ainda abordou a recente demissão do ex-secretário municipal de Finanças, Leonel Campos,e questionou o atraso nos pagamentos dos servidores municipais devido à exoneração.

O parlamentar João Lourenço também repercutiu a possível demolição. “A prioridade não é demolir prédio, é cuidar dos nossos alunos para terem segurança, essa deve ser a única escola do mundo que não tem um muro, já fiz requerimentos, já tivemos recentemente um pedido de providência sobre isso. Precisa arrumar as estradas na hora certa, gradear as terras, ter a ambulância, um carro da assistência social, isso que o gestor tem que pensar”, comentou.

Domingos Andrade disse que já solicitou um alambrado para a unidade escolar. “Sobre a escola, eu já pedi para colocar um alambrado, a gente vê essa necessidade, até os professores reclamaram, o risco é grande até para a segurança e evitar um dano maior”.

Sobre o mesmo assunto, o vereador Severino Cirqueira destacou que já houve projeto para a construção do muro. “A gente tem que ouvir a comunidade, porque se for para cercar toda a área a praça vai ficar perdida para toda a comunidade, e vai ser usada somente pela escola”, comentou.

Carlos de Camilo usou sua fala para questionar solicitações ao gestor do Município. “Quero agradecer o prefeito de Lagoa, Leandro, que acolheu as nossas técnicas em enfermagem que estavam concluindo o curso para fazer os estágios, ele teve o bom senso de entender que para ter o diploma precisa ter esse trabalho. Seria fácil elas poderem fazer aqui, são cerca de 50 pessoas, moradoras que precisaram desse estágio e o município não cedeu. Fico triste com essa situação, não imaginei que isso fosse acontecer e para mim é um descaso com os santaterezenses”, comentou Carlos, que também mostrou repúdio à demolição do prédio do Paço em detrimento de outras prioridades de obras. Ele ainda reforçou o pedido de manutenção da iluminação pública.

O presidente Jonas Barreira também demonstrou indignação quanto a atitude do Município em não ofertar os estágios. “Também lamento muito essa situação, até recebi essa demanda e pedi para que o prefeito atendesse esse pedido e ele falou que ia solucionar o problema, e isso é um desgaste muito grande. Nosso desejo é que as coisas ocorram da melhor maneira possível”, disse ele, que ainda falou aos demais vereadores que vai apresentar Projeto de Lei para dar o nome do ex-vereador Marcelino Campos ao plenário, que vai receber novo painel.

Compartilhe no:

Relacionados