Tocantins - 28/02/2024 - 08:43

Folha do Jalapão

Tocantins destaca potencialidades do Estado em evento internacional sobre a pesca e aquicultura, em Belém/PA

Postado em 06/12/2023

Secretária da Sepea, Miyuki Hyashida, entregou Carta Palmas com a recomendação de ações para desenvolver sistemas de baixo carbono

O Governo do Tocantins está sendo representado na primeira edição do International Fish Congress & Fish Expo Brasil (1º IFC Amazônia) pela Secretaria de Estado da Pesca e Aquicultura (Sepea). O evento que reúne líderes de estados e países da região amazônica, para debater estratégias de sustentabilidade e crescimento econômico na pesca e na aquicultura, teve início no domingo, 3, e se encerra nesta terça-feira, 5, em Belém/PA. 

A titular da Sepea, Miyuki Hyashida, participou no primeiro dia do congresso internacional e feira de negócios com a entrega da Carta Palmas, que foi confeccionada no 1º Encontro Nacional da Pegada de Carbono na Aquicultura, realizado no mês de setembro, com a presença do ministro da Pesca e Aquicultura, André de Paula; e da secretária Nacional de Aquicultura, Tereza Nelma. A carta contém recomendação de ações para desenvolver sistemas de baixo carbono. 

Em sua palestra no Seminário Internacional da Aquicultura, a secretária destacou as potencialidades do Tocantins, que possui a segunda maior bacia hidrográfica do Brasil e uma variação média da temperatura favorável para a atividade de piscicultura, além de mostrar as ações de fomento que o Governo do Estado vem desenvolvendo após a criação da Sepea. 

Dentre as principais ações da pasta estão o desenvolvimento da Política de Aquicultura e Pesca; elaboração do Plano de Desenvolvimento da Pesca e Aquicultura e atividades itinerantes com a Trilha da Piscicultura, visando ao progresso dos municípios que possuem vocação para as atividades pesqueira e aquícola. 

Para a secretária, as políticas públicas e as atividades de fomento para a aquicultura no estado do Tocantins são fundamentais para o desenvolvimento sustentável da agroindústria do pescado. “Estamos trabalhando para estruturar essas políticas públicas que são fundamentais para o desenvolvimento sustentável da aquicultura no Tocantins, bem como a garantia da segurança alimentar”, apontou. 

Além disso, a gestora foi convidada a fazer a entrega do prêmio IFC de Sustentabilidade para a empresa Norte Energia, concessionária da Usina Hidrelétrica de Belo Monte, por ações e proteção ambiental do Rio Xingu, atividades de descarbonização da matriz energética e a instalação de tanques de piscicultura.

IFC Amazônia 

IFC Amazônia já é considerado o maior evento do setor sobre peixes amazônicos e sustentabilidade. O congresso internacional e feira de negócios coloca em foco a produção de pescado e abre caminhos para promover sistematicamente o desenvolvimento econômico e a sustentabilidade para a região. 

Durante os três dias de congresso, a Secretaria de Estado da Pesca e Aquicultura participou de workshops e rodas de conversa com produtores, empresários, pesquisadores e acadêmicos, representantes de instituições investidoras e líderes de entidades do setor, a fim de trazer para o estado estratégias que devem consolidar o desenvolvimento sustentável da pesca e aquicultura no Tocantins, conforme já previsto no seu Plano Plurianual (PPA).

Os diretores de Desenvolvimento da Pesca e Aquicultura da Sepea, Dyego Reis e Thiago Tardivo também ministraram palestras em workshops do IFC, abordando temas como desafios sobre os gargalos da regularização ambiental e sanitária da aquicultura, reforçando o compromisso do Governo do Tocantins com o desenvolvimento do setor produtivo do Estado.

Fonte: Secom-TO

Compartilhe no:

Relacionados